Toledo perde a ex-ginasta Ana Paula Scheffer, que faleceu aos 31 anos

    O falecimento precoce de uma grande atleta de Toledo abalou a cidade nesta sexta-feira (16/10). Ana Paula Scheffer, tinha apenas 31 anos de idade e foi encontrada por sua mãe morta na residência em que moravam, na região da Vila Pioneiro.

    Depois de sagrar-se como uma das melhores atletas da Ginástica Rítmica do Brasil e do mundo, chegando a integrar a Seleção Brasileira da modalidade, Ana Paula estava trabalhando na cidade de Cascavel, onde se graduou em Educação Física. No momento, ela era a responsável pelas Escolinhas de Ginástica Rítmica do município vizinho.

    Sua carreira no esporte começou bem cedo. Aos 9 anos, ela começou na GR e em 2004, com 15 anos, entrou para a Seleção Brasileira. Com uma trajetória de sucesso, a atleta foi medalhista de Bronze nos Jogos Pan Americanos do Rio em 2007, na final de Arco.

    Ela também competiu nos Jogos Sul-Americanos de 2006 em Buenos Aires, na Argentina, e de 2010 em Medellín, na Colômbia. Ana Paula Scheffer também disputou campeonatos mundiais, como o Mundial de Ginástica Rítmica de 2009, realizado no Japão.

    Para o professor Everton Paulo Roman, que foi o orientador de seu TCC (Trabalho de Conclusão de Curso) na graduação de Educação Física no Centro FAG, Ana Paula foi uma atleta de alto nível, com grande potencial de chegar à Seleção Brasileira como dirigente. Ele acredita que para ela chegar a Seleção Brasileira como técnica ou fazer parte da comissão técnica era uma consequência.

    Suspeita-se que a morte de Ana Paula possa ser decorrente de um mal súbito ocorrido enquanto dormia ou um possível infarto. Ela residia com os pais em Toledo e quando sua mãe foi chamá-la para o almoço a encontrou sem reação. O socorro médico foi acionado, mas já era tarde demais. O corpo foi recolhido pelo IML, onde deu entrada às 13h40 para exames que poderão identificar a causa do óbito.

    A prefeitura de Toledo, através da Secretaria Municipal de Esporte e Lazer publicou a seguinte Nota de Pesar:

    A Secretaria de Esporte e Lazer e toda a administração municipal lamentam profundamente o falecimento da ginasta Ana Paula Scheffer, com apenas 31 anos de idade, ocorrido no fim da manhã de hoje (16) na residência dos pais, em Toledo. Foi uma vida breve, mas intensamente dedicada à ginástica rítmica (GR), tornando-se uma referência e fonte de inspiração para milhares de crianças e adultos que amam e praticam a modalidade.

    A história de Ana Paula com a GR começou quando ela ainda era criança e, desde então, representou o município em várias competições. De 2005 a 2015 fez parte da seleção brasileira da modalidade, participando de quatro campeonatos mundiais. Nos Jogos Pan-Americanos Rio 2007, conquistou, no aparelho arco, uma medalha de bronze inédita para o nosso país em certames individuais.

    Após encerrar a carreira como atleta, colocou sua experiência e formação à disposição da equipe de GR de Cascavel, atuando como técnica de ginastas que chegaram recentemente ao pódio de competições brasileiras e sul-americanas. Em 2011, a atleta foi homenageada pela Câmara de Toledo com a Medalha Willy Barth ao lado das também ginastas Nicole Müller, Angélica Kvieczynski e Gabriela Maria Andrioli por sua dedicação e conquistas no esporte brasileiro e mundial para Toledo.

    A consternação e o pesar diante partida tão inesperada é inevitável, mas todos que conheceram Ana Paula são profundamente gratos pela oportunidade de terem convivido com alguém tão especial, uma menina tão cheia alegria, simpatia, talento e amor por tudo que fazia.

    Aos amigos e familiares, nossos votos de solidariedade. Descanse em paz, Ana Paula!

    A Federação Paranaense também divulgou a uma Nota de Pesar:

     “É com enorme pesar que comunicamos o falecimento da ex-ginasta e treinadora toledana Ana Paula Scheffer. Hoje o céu ganha uma estrela, que há 31 anos brilhava aqui na Terra.

    Ana foi medalha de bronze no aparelho Arco, nos Jogos Pan-americanos de 2007, no Rio de Janeiro e ajudou a levar o nome do Paraná mundo afora. Participou dos campeonatos paranaenses em todas as categorias e ganhou inúmeras medalhas estaduais, nacionais e internacionais, pois integrou a Seleção Brasileira individual. Ela continuou os trabalhos na ginástica como treinadora em Toledo e Cascavel, e ministrava cursos em outras regiões do Brasil.

    Ficam agora as lembranças e a mais profunda saudade, de uma ginasta vencedora e de uma talentosa treinadora.

    Que Deus conforte o coração da família e amigos. Nós, dirigentes, treinadores, árbitros e ginastas, que somos a Federação Paranaense de Ginástica sentiremos sua falta! Vá em paz, Ana!”

    A Secretaria Municipal de Cultura e Esporte de Cascavel, onde Ana Paula trabalhava, também lamentou a morte da ex-ginasta, através do comunicado abaixo:

    “Com imensa tristeza comunicamos o falecimento precoce de nossa técnica Ana Paula Scheffer.

    Foram anos de dedicação a frente da GR Cascavel, uma história construída com esforço, dedicação, empenho e muito amor.

    Estamos com o coração em pedaços sem acreditar nessa repentina perda, mas felizes por termos tido a oportunidade de conviver e aprender tanto com ela. Scheffer, como era carinhosamente chamada, deixou um legado de luta e amor pela GR, foi uma brilhante ginasta e ainda se tornou uma técnica excepcional.

    Você brilhou na Terra, agora irá brilhar no céu! Descanse em paz!”

    Page Reader Press Enter to Read Page Content Out Loud Press Enter to Pause or Restart Reading Page Content Out Loud Press Enter to Stop Reading Page Content Out Loud Screen Reader Support
    Facebook
    Twitter
    Youtube
    Instagram