Foto: Reprodução/Secom

A Secretaria da Educação de Toledo (Smed) comunica que os 1.780 alunos das turmas do quarto ano da rede municipal de ensino retornarão às aulas presenciais a partir desta segunda-feira (17). A decisão foi tomada após o bom resultado da experiência realizada com os cerca de 1.700 estudantes dos quintos anos, que voltaram a frequentar o ambiente escolar há 13 dias e, desde então, nenhum surto de Covid-19 foi registrado nas escolas em que estão matriculados.

A secretária da Educação, Elisângela Batista, esclarece que este retorno ainda será na modalidade híbrida – com as turmas divididas em dois grupos que se alternam a cada semana entre aulas presenciais e remotas.  “Até o momento, esta dinâmica foi bastante organizada, com todas as escolas seguindo os protocolos sanitários e o plano de contingência por elas elaborado. Sem falar que as equipes pedagógicas destas instituições receberam os alunos com muita empolgação e eles estão bastante comprometidos para que esta retomada seja a mais tranquila possível”, analisa.

Elisângela atribui o sucesso desta primeira fase do plano de retorno das aulas presenciais à postura dos estudantes e da comunidade escolar como um todo. “Todos os envolvidos estão de parabéns, pois cumprem com zelo a questão do distanciamento, e do uso da máscara e do álcool em gel. As crianças sabem a importância de todo este cuidado e estão dando uma lição pra gente de cidadania”, destaca.

Mãe de Isabella, estudante do 5º ano do Ensino Fundamental da Escola Carlos Friedrich, Ângela Elsenbach elogia a postura do estabelecimento para o retorno das atividades presenciais e diz ter percebido uma mudança significativa no comportamento da filha. “Ela estava muito ansiosa para voltar a ter as aulas em sala, rever colegas e professores. Notei que a motivação e o entusiasmo para estudar aumentou muito, tanto que toda a turma dela segue sem reclamar os protocolos, usando máscara, passando álcool em gel e fazendo distanciamento até na hora do intervalo. A Isabela me conta que até as brincadeiras no pátio estão diferentes, com menos correria e mais cuidado para um não ficar tão perto do outro”, relata. 

Próximos passos

Segundo a secretária, algumas escolas de menor porte poderão, a seu critério, incluir outras turmas nesta retomada das atividades presenciais. “Como havíamos anunciado, esperamos estes primeiros 15 dias para avaliar a situação dos quintos anos e agora, com as coisas indo bem, vamos avaliar por mais duas semanas a situação do retorno dos quartos anos. Se a experiência também der certo, aí faremos o chamamento para as demais turmas, pois aí as escolas já terão condições de abrigar todas as turmas para aulas presenciais e também para transmiti-las de maneira remota”, pontua Elisângela. 

Bastante esperada por milhares de pais, a plena retomada das atividades presenciais nas instituições da rede municipal de ensino vai ser bastante celebrada na casa de Ângela. “Temos uma caçula, a Bettina, que está no 1º ano. Ela vê a irmã indo pra escola e pergunta o porquê de ela não poder ir. A gente explica, ela entende, mas também fica na expectativa de poder assistir à aula na sala e não mais em casa. Embora alguns pais tenham medo desse retorno, eu percebo que minhas filhas e as crianças que conheço não veem a hora de frequentar diariamente o local onde estudam”, salienta.

Fonte: Secretaria Municipal de Comunicação