A Secretaria de Estado da Educação e do Esporte promove diariamente lives de formação on-line voltadas para a saúde mental dos profissionais da Educação neste período de pandemia. As transmissões ao vivo pela internet são produzidas para os servidores do Paraná e, em quase cinco meses de curso, já alcançaram mais de 4 mil pessoas.

Nas últimas semanas, um dos temas levados aos professores foi inteligência emocional, com o professor de Educação Física Josemar Bandeira. Outra live recente, com o professor de Inglês Augusto Martins, abordou saúde mental.

PALESTRAS – Josemar conta que suas palestras via meetings têm o intuito de trabalhar a inteligência emocional e o perfil comportamental, e que, ao entender melhor esses pontos, a saúde mental do profissional acaba sendo beneficiada. “A inteligência emocional nos ensina como fazer uma gestão das emoções, e gestão das emoções tem tudo a ver com saúde mental”, explica o professor.

Saúde mental, acrescenta, é quando a pessoa está em equilíbrio e a crise é quando a pessoa perde esse equilíbrio. “Meu intuito com essas palestras é levar o profissional a entender suas emoções e conseguir coordená-las”, explica Josemar.

REALIDADE – A chefe de Núcleo Regional de Educação de Jacarezinho, Maria Molini, participou de várias destas lives e destaca que a palestra sobre saúde mental veio como uma injeção de ânimo para ela e sua equipe. “A palestra fortaleceu a minha gestão como chefe de núcleo e ajudou os diretores a enfrentarem os obstáculos com mais positividade”, explica.

Para ela, o momento atípico trouxe várias mudanças aos profissionais da Educação e ter um entendimento claro a respeito do perfil emocional e do equilíbrio mental foi essencial para se lidar com tantas adversidades. “O interessante das palestras é que tivemos também dicas de como buscar soluções para momentos de crises pessoais, o que, infelizmente, acontece a nós em longos períodos de isolamento”, conta a chefe.

PSICOLOGIA E EDUCAÇÃO – O professor Augusto Martins também é um dos responsáveis por promover lives para os servidores da área. A cada novo encontro on-line ele convida um profissional para agregar conhecimento aos participantes. “No último encontro, convidamos a professora doutora Luciana Maria Caetano para falar com nossa equipe a respeito do impacto do exercício docente na saúde do professor”, explica.

De acordo com Augusto, essas lives estão aos poucos preparando mentalmente o professor para a volta às aulas e para as novidades que cada profissional encontrará em sua área de atuação.

“Buscamos mostrar como nossos professores devem se preocupar com sua própria saúde. Abordamos também a questão das novas mudanças que em breve teremos na volta às aulas presenciais (que ainda não têm data marcada) e queremos prepará-los para isso. É um momento de grande reflexão para nossos profissionais, que só tem a agregar a todos eles”, explica.   

Fonte: AEN