Estabelecimentos descumprem o decreto e são fechados em Toledo

    https://tamilsexstories.world/
    serviporno the perfect european milf.
    erotic african twinks on bareback fuck.you can try these out bhabhi sex

    Por Fernando Braga

    Na noite desta quinta-feira (03), foi realizada mais uma etapa da Operação AIFU em Toledo. A Ação Integrada de Fiscalização Urbana ocorreu em vários pontos da cidade, através da atuação conjunta entre a Polícia Militar, o Corpo de Bombeiros, a Polícia Civil, a Guarda Municipal, a Vigilância Sanitária e a Secretaria da Fazenda.

    Além de verificar se restaurantes, bares e lanchonetes estão cumprindo a legislação e seguindo normas de segurança, como a manutenção dos extintores por exemplo, as equipes checaram os alvarás e, principalmente, miraram os locais que promoviam aglomerações. Alguns destes estabelecimentos aparecem nas fotos obtidas com exclusividade pela Gazeta de Toledo.

    A preocupação das autoridades com a pandemia vem aumentando, uma vez que o número de casos ativos cresce exponencialmente em Toledo. Para agravar a situação, estão faltando leitos para internamentos no município.

    De acordo com a Secretaria Municipal de Saúde, no momento há 47 pacientes internados, sendo 23 aguardando por vaga de UTI, dos quais 15 estão intubados, e 24 esperando por leito de enfermaria. Os hospitais da 20ª Regional de Saúde possuem 62 leitos de UTI Covid-19 e todos encontram-se ocupados.

    Em virtude deste quadro, as forças de segurança foram mobilizadas para fiscalizar os estabelecimentos do município. No total, 15 locais foram vistoriados na noite passada, na região da Vila Pioneiro, no Jardim Coopagro e na área central da cidade, abrangendo a Avenida Parigot de Souza e os arredores do Lago Municipal. Três foram fechados devido a constatação de irregularidades.

    Além de proibir aglomeração de pessoas, o Decreto nº 157, editado no dia 28 de maio e vigente até o momento em que foi realizada a AIFU, permitia o funcionamento de bares, lanchonetes e comércio similares até às 22 horas, vedando, contudo, a comercialização de bebidas alcoólicas a partir das 20 horas.

    Segundo a Polícia Militar, os três estabelecimentos fechados tiveram as atividades encerradas diante do flagrante de desrespeito ao decreto. Além de promover aglomeração de clientes, estavam infringindo a lei seca e vendendo bebidas alcoólicas depois do horário permitido. Os responsáveis foram orientados a dispensar os fregueses e fechar as portas.

    Além destes três estabelecimentos, um bar no Jardim Coopagro foi fechado por não possuir alvará e por realizar jogo de azar. Além de um banner calendário, com animais se referindo ao jogo do bicho, foi encontrado embaixo do balcão uma máquina de fazer apostas. Diante do flagrante, os policiais militares do 19º Batalhão confeccionaram um Termo Circunstanciado de Ocorrência.

    Com o Decreto nº 160, publicado nesta sexta-feira (04), medidas mais restritivas foram implantadas, e com isso espera-se novas etapas da Operação AIFU em Toledo.

    Page Reader Press Enter to Read Page Content Out Loud Press Enter to Pause or Restart Reading Page Content Out Loud Press Enter to Stop Reading Page Content Out Loud Screen Reader Support
    Facebook
    Twitter
    Youtube
    Instagram