Essa foto tem circulado pelas redes sociais, mostrando o local onde os criminosos foram encurralados.

Por Fernando Braga

O Feriado de Tiradentes começou tenso na cidade de Toledo, com a ocorrência de um latrocínio que vitimou o segurança Edilson Bremm, que trabalhava na loja de conveniência Bagdá quando foi atingido por disparos de arma de fogo.

Por volta das 07 horas desta quarta-feira (21), um dos bandidos, se passando por cliente, entrou na loja de conveniência, que fica na avenida Parigot de Souza, foi até o caixa e depois se aproximou do segurança, que percebeu algo de suspeito. Edilson, conhecido como Alemão, esboçou uma reação e o criminoso sacou a arma. Houve troca de tiros e o segurança foi atingido por dois disparos.

Em seguida, o assaltante correu para dentro de um veículo Gol de cor prata, onde seu comparsa o aguardava. A dupla saiu em fuga e o automóvel, que tem placas de Matelândia, foi localizado pelas equipes do 19º Batalhão de Polícia Militar quando estava nas imediações do Jardim Bressan. De imediato, os bandidos reagiram, iniciando um confronto com a PM.

Enquanto trocavam tiros com os policiais, os bandidos seguiram para a região da Praça Chico Mendes. Por volta das 08h30, eles pararam em frente à Escola Olívio Beal e desceram do carro. Um deles foi morto assim que deixou o veículo. O outro conseguiu correr para o pátio da escola, que está desativada há anos e serve como local de treinamento da Polícia Militar. Ele também foi alvejado, chegando a ser socorrido posteriormente por equipes do Siate (Bombeiros) e do Samu. Entretanto, não resistiu e morreu dentro da ambulância. Apesar do confronto, nenhum policial se feriu.

Os corpos dos três mortos foram encaminhados para o IML e os responsáveis pelo latrocínio, que é o roubo seguido de morte, foram identificados. Logo depois, as equipes da PM e da Polícia Civil localizaram os comparsas da dupla e os prendeu. Todos são outras cidades.

Saiba quem são os bandidos e como o restante da quadrilha foi preso em Preso o restante da quadrilha responsável pelo latrocínio em Toledo

Em nota o 19º Batalhão de Polícia Militar divulgou que os criminosos podem ter envolvimento com outros crimes na região.

“Existem informações, ainda não confirmadas, de que os indivíduos teriam participado de outros crimes de roubo recentemente. Os policiais envolvidos na ocorrência passam bem. Foram apreendidas duas armas de fogo que estavam em posse dos dois indivíduos”, diz o comunicado da PM.

Vítima do latrocínio, Edilson Bremm era conhecido pelo apelido de Alemão.