A Reunião de Campo virtual foi prestigiada na quinta-feira, 2, por milhares  de cooperados que aprovaram a inovação e a preocupação da diretoria em manter o encontro, mesmo em um formato diferente. O cooperado Luiz Neunfeld, de Toledo (Oeste do Paraná), deu uma pausa na manutenção dos maquinários para assistir a reunião. “Foi uma reunião muito boa. São dados interessantes de custos de produção e da comercialização. Quanto mais informação melhor, ainda mais em um ano atípico como este.”
Lucas e o pai Paulo Pereira de Carvalho, de Mamborê, ambos cooperados, ressaltam a importância de acompanhar os números da cooperativa e dos estoques brasileiro e mundial das principais culturas. “É uma reunião sempre muito esperada. Parabenizo a Coamo pela reunião virtual nesse momento delicado que vivemos.” O cooperado Paulo Fiorese, de São Domingos (Oeste de Santa Catarina), também gostou do novo formato das reuniões de campo. “Por mim pode continuar”, frisa.
Eloir Antonio Bavaresco, de Cantagalo (Centro-Sul do Paraná), ressalta que a reunião de campo esclarece e atualiza o cooperado. “A Coamo nos mantém informada sobre a sua situação e, também, da agricultura de forma geral.”
A família Brunetta, de Mamborê (Centro-Oeste do Paraná), acredita que a pandemia antecipou uma realidade que será vivenciada no futuro. “A Coamo acompanhou essa aceleração e trouxe essa nova realidade em tempo para os cooperados. Sem prejuízo da informação atualizada e da tradicional reunião de campo para todos em todos os cantos”, diz q cooperada Giovana, que assistiu a reunião na cidade enquanto os pais Alcides e Vanice estavam na fazenda.
Fonte: Coamo