A Seab oficializou nesta quinta-feira (10) a adesão do município de Cascavel ao Susaf-PR. Foto: Seab

O município fez adesão ao Sistema Unificado Estadual de Sanidade Agroindustrial Familiar (Susaf-PR)

A Secretaria de Estado da Agricultura e do Abastecimento oficializou nesta quinta-feira (10) a adesão do município de Cascavel ao Sistema Unificado Estadual de Sanidade Agroindustrial Familiar, Artesanal e de Pequeno Porte do Paraná (Susaf-PR). Duas empresas familiares foram as primeiras a receber a certificação – um entreposto de carnes que produz espetinhos e uma fábrica de conservas, embutidos e defumados. A partir de agora, elas podem comercializar seus produtos para todo o Paraná.

Para o secretário da Agricultura e do Abastecimento, Norberto Ortigara, o credenciamento do município é um reconhecimento da competência técnica dos profissionais que integram o serviço de inspeção. Segundo ele, a iniciativa possibilita a ampliação do horizonte comercial da agroindústria familiar paranaense.

“É uma forma de gerar riquezas e agregar valor aos produtos. As empresas podem crescer, aumentar a linha de produção, ter mais oportunidades. Logo perceberemos um movimento importante com dezenas de agroindústrias familiares prosperando e melhorando as suas condições”, afirmou. “Quanto mais a gente processa e agrega valor, vai se apropriar um pouco mais do preço final e isso facilita o crescimento econômico, gera oportunidades, emprega gente, paga tributos, enfim, isso movimenta a economia.”

O médico veterinário do Serviço de Inspeção da Secretaria de Agricultura de Cascavel, João Carlos Koehler, destacou que o certificado representa ampliação de mercado e incentivo à industrialização. Segundo ele, as duas empresas – Pasa Distribuidora de Carnes e Vezaro Embutidos e Defumados – geram aproximadamente 20 empregos diretos.

“O Susaf veio viabilizar essas pequenas e médias agroindústrias da região, que já têm um volume de produção razoável e que podem atender outros municípios, inclusive a rede de supermercados de Cascavel, que tem filiais em outras cidades do Paraná”, disse Koehler.

O programa é destinado especialmente à agroindústria familiar e às de pequeno porte. Para que os estabelecimentos recebam o selo Susaf-PR eles precisam estar registrados nos Serviços de Inspeção Municipais (SIM). Até então, se quisessem vender fora dos municípios de origem, os estabelecimentos precisariam estar registrados no Serviço de Inspeção Estadual – SIP/POA.

Cascavel é o segundo município do Estado a conquistar a certificação. O primeiro foi Francisco Beltrão. Ambos comprovaram o atendimento às normas estabelecidas pelo programa, com serviço de inspeção eficiente e bem estruturado para garantir produtos de qualidade.

RESTAURANTE – Integrantes da secretaria estadual da Agricultura também estiveram, durante a manhã, nas obras dos restaurantes populares do Cascavel Velho e do bairro Santa Cruz. “As obras estão praticamente prontas e vão atender essas comunidades, fornecendo alimento de qualidade a famílias mais vulneráveis desses importantes pontos de Cascavel”, disse o secretário Ortigara.

“Entendemos a dificuldade das famílias de terem pelo menos uma refeição de qualidade por dia. Por isso, trabalhamos em parceria com as prefeituras para oferecermos os restaurantes populares”, completou. Atualmente, há cerca de 20 restaurantes populares sendo construídos no Paraná, em parceria entre o governo estadual e os municípios.

SHOW RURAL COOPAVEL – No período da tarde, a equipe visitou o Show Rural Coopavel – Edição de Inverno, acompanhada do presidente da cooperativa, Dilvo Grolli, e de técnicos da entidade. “Vimos muito material de produção de trigo, de cevada, de aveia, de centeio, de materiais para forragem e de cobertura de solo, e encontramos parceiros fornecedores de máquinas e de insumos trazendo, de forma controlada e com plena segurança, grupos de produtores rurais, particularmente de trigo, para um contato próximo com os avanços da ciência e da tecnologia para a produção de inverno”, disse Ortigara.

Fonte: Agência Estadual de Notícias