Puxão de orelha

A vereadora Olinda Fiorentin (PSD), uma grande defensora da vida, como sempre foi, cobrou na tribuna uma posição do governador Ratinho sobre o nosso Hospital Regional de Toledo, que hoje considera apenas como uma carcaça de hospital. Se justificando, a vereadora afirmou que nas demais cidades e regiões do Paraná as ações do governo são bem mais presentes. Indignada, Olinda disse: “Mandei mensagem ao governador, como única vereadora de seu partido, e até hoje sequer me retornou”.

Auxílio emergencial

Muitos toledanos terão que dar explicações à Receita Federal sobre a grana do auxilio emergencial depositada em suas contas. Por quê? Muitos omitiram a verdadeira renda (global) na família e já caíram na malha fina. Terão que se explicar publicamente. Chato vai ficar para quem trabalha no serviço público ao ter que se explicar. Né mané?

Beto reassume

Depois de uma semana de isolamento em sua casa e duas de internamento, Beto Luniti reassume sua cadeira como prefeito.  A transmissão da função foi realizada no Auditório Acary de Oliveira durante a reunião ordinária com o secretariado na manhã dessa segunda-feira.

Foto: Ricardo Morante/Secom

Beto reassume I

Desde o dia 22 de março, o vice-prefeito Ademar Dorfschmidt, que ocupava o cargo e não a cadeira, como prometeu em respeito a Beto devido à circunstância, acolheu os secretários e secretárias, e abriu a reunião agradecendo a parceria da equipe de gestão durante os dias em que esteve à frente do município.

Beto reassume II

Dorf disse: “Seguimos a linha que já era adotada pelo prefeito Beto Lunitti. Tentamos sempre alinhar as decisões ao nosso modelo de gestão”, reforçando que, apesar de um sonho, não queria ter assumido interinamente por um afastamento não programado do prefeito. “Assumi numa situação que não era a ideal, porém a equipe de governo é forte e acredito termos feito o possível”.

Processo administrativo

Abrir um processo administrativo disciplinar para apurar supostas infrações cometidas por empregados do Cisco, referente ao processo administrativo nº 01, é mais que necessário. Mas que seja transcrita a verdade, doa a quem doer.

Projeto de Lei 001

Vereadores, em sua maioria, não foram eficazes na análise e aprovação do projeto 001/21, de autoria do Executivo.  Votaram apenas pela agilidade nos processos e não na melhor escolha, que seria “paridade”, como afirmou o vereador Chumbinho Silva. E exclusão dos corretores como membros de avaliações abre precedente para que qualquer cidadão questione na Justiça uma decisão apenas do Município e de seus servidores.

Explicadinho

A alguns GMs! Vocês não entenderam que aqueles áudios não são coisa do Elizeu Langer (escrevam meu nome certo, por favor). Não é coisa minha. São fatos criados por gente baixa ligada a vocês, que chegaram até esse jornalista que não é frouxo.

Dos eleitores

Bom dia!

Acompanho sempre a coluna Gente e Poder. Sobre a matéria do dia 01 de Abril, onde são expostos os apelidos carinhosos que certa pessoa, que seja acha acima do bem e do mal, fica definindo para os outros, apenas consigo lembrar-me dos ensinamentos de minha avó, que dizia que cada um coloca pra fora o que tem dentro de si. No caso dela, fica evidente que é apenas ódio, amargura e frustração. Carrega tanta coisa ruim dentro de si, que se acha a legítima representante do gabinete do ódio de Toledo. Podem voltar para o lugar de onde vieram, que nenhuma pessoa do bem de Toledo aguenta mais eles aqui. Toledo é dos toledanos de bem. Mary

Dos leitores I

Vocês do jornal, deveriam se preocupar com gente que pensa em e por Toledo, e não com os forasteiros que se sentem os salvadores da pátria.