Empregos

Dados divulgados nessa semana mostram que 292 municípios paranaenses tiveram saldo positivo de contratações em janeiro de 2021, e Toledo está entre os dez municípios que mais empregou no referente mês.

Empregos I

Os 10 municípios com o maior saldo na geração de empregos em janeiro foram Curitiba (5.624), Londrina (1.333), Cascavel (1.289), Maringá (1.139), Ponta Grossa (742), Araucária (562), Pinhais (532), Pato Branco (525), Apucarana (519), Toledo (510).

Empregos II

Comparado com janeiro de 2020, houve um salto, pois 231 cidades apresentaram saldo positivo. As cinco campeãs na ocasião foram Curitiba, Cascavel, Toledo, Colombo e Maringá. Em Toledo, neste último levantamento, as admissões somaram 2.204, os desligamentos atingiram 1694 e o saldo ficou em 510 novos postos preenchidos.

Empregos III

Considerando o período equivalente aos últimos 12 meses, o acumulado colocou Toledo em terceiro lugar na geração de empregos no estado. O saldo positivo desse período apresenta Ponta Grossa (5.825) em primeiro lugar, seguida por Cascavel (2.616). Na sequência vem Toledo (1.884), com a terceira maior expressividade de empregos gerados.

Tem fura fila na vacina em Toledo?

Um dos meus urubus grunhiu-me que em uma entidade ligada ao setor de saúde regional, seus diretores e demais administrativos, que não estão na linha de frente, furaram a fila. Ele me afirmou que vai me trazer a lista… Vou aguardar até as 17h dessa sexta-feira, meu nobre carnicento.

Pedágios

Pois é, o Ministério da Infraestrutura já admitiu retirar do município de Londrina a praça de pedágio prevista para a rodovia PR-445, instalando-a mais próxima a Mauá da Serra.

Pedágios I

Será que Toledo e Cascavel também poderão ser contemplados com a “não implantação” da praça entre os dois municípios? Aliás, quanto ao assunto pedágio, está tudo muito quieto.

Legislativo remoto

O presidente Leoclides Bisognin, em resposta a inúmeras indagações sobre a possibilidade da realização das sessões ordinárias, extraordinárias e de comissões, eletronicamente, designou uma comissão para fazer os estudos.

Em entrevista concedida à Gazeta no último sábado, ele aventou a possibilidade e determinou, através da portaria nº 31, a constituição de uma comissão mista para realização de estudos, objetivando possibilitar a execução de atividades remotas.

Essa comissão mista fará estudos para apresentação de propostas visando:

I – Alteração do Regimento Interno para possibilitar a realização de sessões e reuniões de comissões remotas;

II – Regulamentar as atividades dos servidores da Câmara Municipal de Toledo para que possam ser executadas fora de suas dependências sob a denominação de teletrabalho.

Foram designados

 I – Marcelo Marques, vereador; II – Rodrigo Antoniassi, diretor-geral; III – Daniel Augusto Bernardi Scopel, coordenador do Departamento Legislativo; IV – Eduardo Hoffmann, assessor jurídico; V – Valmir Alves de Moura, coordenador do Departamento Administrativo. Eles terão o prazo de 30 (trinta) dias para a conclusão dos trabalhos.