Exclusão dos “avaliadores”

Tenho que dar ênfase à magnânima posição de dois vereadores dessa atual legislatura que, cumprindo com suas obrigações como “legisladores e fiscalizadores”, votaram contra o projeto que exclui a participação da sociedade.

Exclusão dos “avaliadores” I

Refiro-me aos vereadores Chumbinho Silva e Olinda Fiorentin, que entenderam que o projeto prevê a exclusão da participação da sociedade nas decisões de avaliações de bens e imóveis em Toledo. A alteração necessita de estudos mais aprofundados, pois já tivemos exemplos de projetos de novos loteamentos, que no papel estavam 100% e na visita inloco comprou-se o contrário.

Exclusão dos “avaliadores” II

Por essas razões é que devemos ter mais avaliadores de imóveis profissionais que se somem e mesclem aos servidores, os quais confiamos 100%. Isso representa participação empresarial, dando assim mais assertividade e transparência, disseram os edis. Parabéns nobres, pois se faz necessário mesmo saber quais são os motivos dessas “exclusões dos avaliadores externos”.

Os “idiotas” de plantão

Estou indignado com os desocupados de plantão que ficam falando mal de seus representantes políticos nas redes sociais. Bisognin, que estava “puto da cara”, afirmou que essas pessoas devem se manifestar nas próximas eleições e as taxou de “idiotas”. Apelou para que tenham um pouquinho de amor em seus corações e pensem nos seus semelhantes que sofrem perdendo seus familiares devido a essa PANDEMIA.

Fura fila

Na semana passada, noticiei aqui que em Toledo uma autarquia do setor de saúde pública mandou vacinar todos os colaboradores que não estão na linha de frente, incluindo na lista, seus dirigentes. Até agora, nada de manifestação por parte do MP. Ou será que já existe e eu não estou informado? Será que o MP vai penalizar os daqui, como fizeram com o secretário de Saúde de Quatro Pontes?

Fura fila I

Pelo menos alguns vereadores se manifestaram propondo a criação de um PL que venha penalizar esses “espertinhos”. Falo dos vereadores Gabriel Baierle, Oseias Soares Santos e Marcelo Marques.

Últimos 5 anos?

Um dos meus “urubuscisco” grunhiu-me que há uma grande correria e pressão a alguns funcionários do Ciscopar para que os mesmos assinem vários documentos. Há inclusive pressão sobre aqueles que foram designados como “fiscais de contratos” sem que soubessem, para poderem prestar contas dos últimos 5 anos de “compras”. Será que procede, meu “urubu”? Esse fato de incluírem fiscais de contratos sem consultar os mesmos poderá dar B.O dos graves. Espero que o MP inclua nesse “requerimento”!

Merecimento

Os 27 anos de fundação da indústria mais gostosa de Toledo, Chocolates Roma, completados no dia 10 de março, foi lembrado pelo ex-secretário da Indústria e Comércio, agora vereador, Jozimar Polasso. Ele afirmou que, após assistir a live da Gazeta de Toledo, sentiu que era sua obrigação não só de fazer uma visita a empresa, como também de a homenagear.

Merecimento I

O vereador propôs uma moção de aplausos devido a grande importância da empresa não só pelo retorno a nossa economia ou pela geração de empregos, mas também pela projeção de Toledo através da marca “ROMA”, que é marca registrada com exclusividade em vários países da América do Sul. Parabéns ao empresário Rosalino Casamali, por levar Toledo em seus mais de 100 produtos, e ao vereador por valorizar os empresários.