Instituto é o novo parceiro do Detran/PR para garantir a segurança de motoristas e pedestres que circulam nas vias urbanas do Estado. Nos próximos 12 meses, o Tecpar analisará se a sinalização atende as determinações da Associação Brasileira de Normas Técnicas e demais legislações.


O Instituto de Tecnologia do Paraná (Tecpar) é o novo parceiro do Departamento de Trânsito do Paraná (Detran/PR) para garantir a segurança de motoristas e pedestres que circulam nas vias urbanas do Estado. Ao longo dos próximos 12 meses, o instituto terá a responsabilidade de avaliar a qualidade da sinalização viária de 104 municípios paranaenses, com o objetivo de conferir se a mesma atende as determinações da Associação Brasileira de Normas Técnicas (ABNT) e demais legislações.


O técnico em Desenvolvimento de Produtos do Centro de Tecnologia de Materiais do Tecpar (CTM), Fábio Schvenger, explica que a verificação de conformidade é fundamental para garantir a proteção da população, já que a segurança viária depende da existência de uma rede de sinalização apropriada e de uma correta manutenção dos sinais ao longo do tempo.
A diretora de Tecnologia e Desenvolvimento do Detran-PR, Jaqueline Almeida ressalta que é imprescindível que os sinais de trânsito permaneçam adequadamente visíveis e perceptíveis. Somente assim os usuários das vias poderão identificar, ler e interpretar corretamente a informação disponibilizada pelos sinais de trânsito.
“O Detran-PR, como um órgão executor, atua sempre em conformidade com as leis e normas de trânsito. Por isso a fiscalização constante, assim como a sinalização está sendo implantada pelo Governo do Estado, é muito importante”, afirma Jaqueline.


PROCESSO – Cada país possui normas específicas em relação à sinalização urbana. No Brasil, as características de dimensão, cores e as regras de colocação dos sinais viários estão descritas no Manual Brasileiro de Sinalização de Trânsito, elaborado em consonância com o Código de Trânsito Brasileiro (CTB) e com a Política Nacional de Trânsito.
As empresas contratadas instalam a sinalização, que em seguida passa pela fiscalização da prefeitura e do Detran. O Tecpar participa do processo fazendo a avaliação por amostragem. Cada cidade recebe a visita de dois técnicos do instituto que irão avaliar pessoalmente 10% de toda a sinalização que foi aplicada.


“O instituto atua como um braço da fiscalização do Detran para garantir que todas as diretrizes do manual sejam atendidas. A avaliação técnica confere se a sinalização horizontal e vertical está adequada ao edital, que traz as referências e todas as especificações necessárias para executar os serviços”, diz Schvenger.


Um dos quesitos analisados pela equipe técnica é visibilidade noturna da sinalização, detectada por meio de um conceito chamado retrorefletância. A verificação é feita com equipamentos de última geração que conseguem avaliar o nível de segurança noturna do usuário das vias urbanas.
“Utilizada nas tecnologias de sinalização vertical e horizontal, a retrorefletância permite avaliar a quantidade de luz que retorna ao motorista a partir de uma sinalização luminosa. Se a sinalização é bem visualizada e eficiente, é capaz de atrair a atenção do motorista, transmitindo a mensagem de forma física simples e inequívoca”, explica Schvenger.


CERTIFICAÇÃO – Outro serviço do Tecpar que contribui para garantir a segurança é a Certificação do Sistema de Gestão de Segurança Viária (ISO 39001:2015), diretriz que busca reduzir as mortes e lesões graves relacionadas a acidentes de trânsito.
A normativa estabelece os requisitos para um sistema de gestão de segurança viária aplicável a qualquer organização pública ou privada envolvida na gestão de veículos ou infraestrutura de transportes. Atualmente, somente duas empresas do país têm esta certificação, ambas emitidas pela unidade Tecpar Certificação. Fonte: Assessoria.