O superávit em transações correntes do Brasil foi de 1,628 bilhão de dólares em julho, com o déficit em 12 meses passando a 2% do Produto Interno Bruto (PIB), divulgou o Banco Central nesta terça-feira.

O resultado veio melhor que o superávit de 737 milhões de dólares esperado por analistas em pesquisa da Reuters. Já os investimentos diretos no país (IDP) alcançaram 2,685 bilhões de dólares, um pouco acima da expectativa de 2,5 bilhões de dólares.

Na nota do setor externo, o BC previu que em agosto haverá superávit em transações correntes de 2,2 bilhões de dólares, e que o IDP será de 1 bilhão de dólares após 277 milhões de dólares realizados até o dia 20.

Neste terça-feira, o BC também revisou o déficit em transações correntes no primeiro semestre deste ano a 13,4 bilhões de dólares, de 9,7 bilhões de dólares antes.

Fonte:Reuters