Foto: Reprodução

A chuva dos últimos dias têm dificultado o trabalho dos agentes de combate às endemias (ACEs) em Toledo. A alta incidência de focos de Aedes aegypti tem causado preocupação para a Secretaria de Saúde: nesta terça-feira (26), em ação realizada nos cemitérios Cristo Rei e Jardim da Saudade, foram encontrados 52 criadouros do mosquito.

A quantidade, segundo a coordenadora do Setor de Controle e Combate às Endemias, Lilian Konig, é bastante alta. “Demandou uma ação emergencial dos nossos agentes e precisamos da parceria da população, pois os nossos cemitérios estão em área urbana e a infestação pode causar problemas para os moradores próximos”, frisa.

Lilian também pediu para a população não utilizar recipientes que acumulem água para depositar flores nos jazigos e aproveitou para reforçar os cuidados com os quintais. “Retirem tudo o que serve de criadouros. Durante este período, em qualquer intervalo que a chuva der, faça um pente fino no terreno e observe também os locais que possam acumular água dentro das casas”, recomenda.

Outro ponto importante, de acordo com a coordenadora, é a questão climática. “A chuva impede um trabalho mais efetivo dos agentes. A fiscalização fica comprometida e, com isso, naturalmente, surgem mais focos de infestação”, constata.

Fonte: Secretaria Municipal de Comunicação