Sessão na segunda realizou homenagem a falecidos, incluindo casal atropelado no Gisela. Foto: Decom/CMT

A sessão da Câmara de Toledo realizou minuto de silêncio na segunda-feira, dia 18 de outubro, para homenagear os falecidos, que incluíram Ana Carolina Silva de Oliveira, 27 anos, e seu namorado Claudemir Antônio De Marchi, além do pioneiro Albino Turetta, Glaci Kuhn, Augusto de Oliveira e Denilson dos Santos.

Ao abrir o espaço de homenagens o presidente Leoclides Bisognin registrou voto de pesar por Albino Turetta, falecido domingo.

A vereadora Olinda Fiorentin registrou as mortes de Ana Carolina Silva de Oliveira, 27 anos, e namorado seu Claudemir Antônio De Marchi, destacando a forma trágica como morreram. A vereadora disse que ela foi assassinada por homem que diz que é dono, que tem poder sobre a vida de uma mulher, expressando sentimento à família, aos amigos, acrescentando que não dá mais para aceitar história triste como esta em nossa cidade. “Toledo precisa acordar, assumir as políticas públicas em defesa das mulheres” disse a vereadora, acrescentando que repudia esta ação, em favor das mulheres de Toledo.

O vereador Valdir Rossetto solicitou homenagem a Albino Turetta, falecido domingo aos 93 anos e que era pioneiro da região do bairro Pancera. O vereador Bisognin comentou ser seu amigo há 43 anos.

O vereador Genivaldo Jesus pediu homenagem a Claudemir De Marchi, registrando que ele era irmão de amiga de sua filha, afirmando ser lamentável o acontecido. Também registrou o falecimento de Glaci Kuhn, moradora do Santa Maria, falecida sábado, e também de Augusto de Oliveira, morador do Coopagro.

O vereador Gilson Francisco registrou o falecimento de Demilson dos Santos em crime ocorrido na Avenida J.J. Muraro, informando que ele frequentava a Assembleia de Missão e era seu parente distante, casado com uma prima sua de terceiro grau. Demilson, 47 anos, foi morto a tiros no início da noite de sexta-feira, dia 15, na Avenida José João Muraro, por um homem que teria chegado a pé e efetuado diversos disparos contra ele, que estava dentro de veículo um Nissan.

A morte do casal Ana Carolina Silva de Oliveira, 27 anos, e seu namorado Claudemir Antônio De Marchi, 33 anos, ocorreu na noite de domingo, no Jardim Gisela, quando foram atropelados por um veículo Chevrolet Astra conduzido por um homem de 48 anos que estava jogando sinuca com Claudemir momentos antes num estabelecimento no bairro. O motorista teria subido na calçada com o carro, atropelando o casal e só parando ao atingir árvores e a cerca de uma associação. Devido aos graves ferimentos, Claudemir não resistiu e morreu  no local, enquanto Ana Caroline ainda foi encaminhada ao hospital, mas também morreu pouco tempo depois. O motorista teria mantido relacionamento com a mulher anteriormente e atentado contra sua própria vida em seguida com uma faca, tendo sido hospitalizado.

Fonte: Decom/CMT