Foto: iStock/Mapa

Os conselhos são importantes para reduzir as flutuações de preços e aumentar a previsibilidade de custos do setor lácteo

Foi realizado nesta quarta-feira (14) o 1º Seminário Conseleites, que reuniu produtores, associações, cooperativas, laticínios e indústrias. O evento virtual foi aberto pela ministra Tereza Cristina (Agricultura, Pecuária e Abastecimento) e o secretário de Política Agrícola, César Halum, que destacaram a importância dos Conseleites para garantir a previsibilidade de preços para o setor lácteo.

Além disso, a ministra ressaltou que o Mapa trabalha em uma política para fortalecer a cadeia produtiva, que engloba mais de 4 milhões de produtores e está presente em 98% dos municípios do país. Anualmente, a produção brasileira de leite é de 34 bilhões de litros.

O Conseleite é um conselho formado por produtores, laticínios, indústria, entidades ligadas ao setor e universidades que busca soluções conjuntas para problemas  do setor lácteo, como a análise de custos de produção e estabelecimento de preços de referência que os laticínios pagam aos produtores.

>> Veja aqui o seminário

Essa ferramenta tem contribuído para a redução de grandes flutuações de preços, aumento de da previsibilidade e melhoria da comercialização em alguns estados. O Conseleite consta entre as 25 metas do Plano de Competitividade do Leite, Compete LeiteBr do Mapa.

Durante o seminário, o público pode conhecer o funcionamento dos conselhos em alguns estados, alguns com mais de 20 anos de atuação, metodologia e como os valores de referência são compostos. Os palestrantes destacaram a importância de uma política de Estado para o setor e engajamento de produtores e demais elos da cadeia produtiva no fortalecimento do Conseleite.

O seminário foi uma iniciativa da Secretaria de Política Agrícola, da Câmara Setorial do Leite, da Embrapa Gado de Leite, com apoio da Enagro.

Fonte: Mapa