Quando o assunto é alimentação balanceada com qualidade e saudável com preço acessível à população, Toledo se diferencia. É o único município do Brasil com seis restaurantes populares oferecendo refeições com qualidade. O número de pessoas beneficiadas pelos Restaurantes Populares da Prefeitura já passa de mais de sete mil cadastros e a média é de mil refeições/dia em todas as unidades e 20 mil/mês.

A comida é preparada pela Cozinha Social que também serve a merenda das escolas municipais e dos Centros Municipais de Educação Infantil (CMEIs). Somando as refeições dos restaurantes são servidas 280 mil refeições/mês. Para atender toda a demanda 120 pessoas entre servidores e tercerizados trabalham na Cozinha Social. 

A população que tem cadastro único, deficientes e estudantes paga R$ 2,00 por refeição. Idoso, autônomo, desempregado e aqueles que recebem até dois salários mínimos per capita paga R$ 4,00 e os demais R$ 8,00, mas o custo com o preparo da alimentação é muito maior, fica em torno de R$ 7,00 comenta o diretor da Cozinha André Heck. “Ou seja, hoje o município subsidia boa parte para garantir uma alimentação saudável para a população”, complementa ao revelar que o subsídio do Governo Federal vem diminuindo no decorrer dos últimos anos.

O Ministério do Desenvolvimento Social e o Programa de Alimentos Federal Combate à Fome (MDS), que faz uma parceria com os municípios repassa ao município R$ 250 mil. De 2015 até 2018, o valor era de R$ 538 mil/ano, contudo, quando foi lançado em Toledo em 2006, o valor de repasse chegou a R$1,7 milhão. 

“A verba federal diminui bastante, por isso, foi necessário organizar um estudo e uma nova metodologia para que de fato, o público alvo pessoas que se encontram em vulnerabilidade alimentar, principalmente pessoas de baixa renda, sejam atendidos”, explica.

Para atender a demanda, o município de Toledo conta com o Programa Municipal Compra Direta, que beneficia os agricultores familiares e garante o fornecimento de gêneros alimentícios de boa qualidade. Hoje cerca de 180 produtores fornecem seus produtos para Cozinha Social.

COMIDA SABOROSA

Hechk explica que os restaurantes populares seguem rigorosamente a política de segurança alimentar de oferecer uma alimentação saudável para a população. São seis nutricionistas que trabalham diariamente nas unidades. Neste ano, os cardápios têm sido diferenciados. “Duas ou três vezes ao mês servimos carne nobre, (filé mignon, alcatra e picanha), peixe frito, lasanha. A carne é sempre assada, cozida ou grelhada. Comida boa e saborosa para a população essa é nossa missão”. Quem almoça no restaurante popular aprova a comida saborosa. Além do prato, é servido suco e uma sobremesa.

Fonte: Secom/ Pref. de Toledo