Foram abertas, no último sábado (27), as inscrições para a segunda edição “Concurso Literário de Memórias, Relatos e Narrativas do Pioneirismo do Município de Toledo”, promovido pela Secretaria de Cultura. A escolha da data não foi à toa: 27 de março é o Dia do Pioneiro, público a quem o certame se destina.

Até 31 de agosto as pessoas que participaram da formação e colonização de Toledo e seus familiares poderão encaminhar textos com os relatos da época, os quais serão reunidos em livreto que será lançado na semana do 69º aniversário do município, em 14 de dezembro de 2021. “O município tem sua história oficial, mas sentimos  a necessidade de registrar, colocar no papel, os relatos orais daqueles que estavam aqui no começo desta trajetória”, destaca a secretária de Cultura, Rosselane Giordani.

Rosselane pontua que a primeira edição do concurso ocorreu em 2016, quando também ocupava o cargo de secretária da Cultura. “Quando idealizamos o concurso queríamos resgatar e valorizar as memórias das famílias, o cotidiano, fatos curiosos que não aparecem na história oficial. Por meio dessa ação conseguimos registrar e guardar essa memória em um pequeno livro que será disponibilizado nas bibliotecas públicas, no museu e nas escolas municipais, e que também será distribuído para as famílias pioneiras”, observa Rosselane. 

A secretária explica que o regulamento com as informações sobre o concurso já está disponível no site https://cutt.ly/concursoliterario, mas que também a equipe do Museu Histórico Willy Barth está entrando em contato com as famílias para motivar e auxiliar a participação do maior número possível de pioneiros e pioneiras no concurso. “Na primeira edição em 2016 fizemos o lançamento do concurso na tradicional Festa dos Pioneiros que acontece no mês de março. Mas, com a pandemia do Covid-19, não foi possível realizarmos esse encontro esse ano no formato de um grande almoço de confraternização. Então, nesse momento, estamos lançando o concurso e futuramente, quando esse público que participa tradicionalmente do encontro já estiver vacinado, iremos realizar uma ação de homenagem num formato diferenciado, respeitando os protocolos de segurança. Essa ação provavelmente aconteça no mês de maio, mas vamos avaliar o cenário para então agendarmos a homenagem”, detalha Rosselane.