Imagem ilustrativa.

Na semana passada, o abastecimento de água ficou comprometido no distrito de Novo Sarandi, em Toledo, devido a redução na sua vazão de água, associada a elevação de consumo. Nesta terça-feira (23), a Sanepar enfrenta novamente o problema e faz um alerta aos moradores dessa região.

A Companhia de Saneamento informa que o poço que abastece o distrito voltou a apresentar queda na produção de água nesta terça-feira (23). Com as temperaturas altas, o consumo está elevado o que dificulta o atendimento com água tratada. Assim, pode faltar água em todas as regiões do distrito. A normalização do abastecimento só deve ocorrer no fim da madrugada da quarta-feira (24) e será de forma gradativa. A Sanepar deve interligar o novo poço para garantir o abastecimento na localidade, na quarta-feira (24).

No momento, é imprescindível que todos colaborem, adotando hábitos de consumo inteligente da água e uso racional. A orientação é para que a água tratada seja priorizada para alimentação e higiene pessoal. As limpezas mais pesadas, como lavagem de carros, calçadas e fachadas, devem ser adiadas até que a situação se normalize. Reutilize a água da lavagem e enxágue de roupas. Reduza o tempo no banho. Ensaboe a louça, faça a barba e escove os dentes sempre com a torneira fechada. Verifique torneiras pingando e vazamentos em seu imóvel.

Só ficarão sem água durante este período os clientes que não têm caixa-d’água no imóvel, conforme recomendação da ABNT (Associação Brasileira de Normas Técnicas). A Sanepar sugere que cada imóvel tenha uma caixa-d’água de pelo menos 500 litros. Assim, é possível ter água por 24 horas, no mínimo.

A orientação é evitar desperdícios. A Sanepar conta com a participação de todos!

O Serviço de Atendimento ao Cliente Sanepar é feito pelo telefone 0800 200 0115, que funciona 24 horas. Ao ligar, tenha em mãos a conta de água ou o número de sua matrícula.

Para esta e outras informações utilize o aplicativo para celular Sanepar Mobile ou acesse sempre o site da Sanepar: www.sanepar.com.br.

Fonte: Assessoria de Comunicação da Sanepar