Foto: Carlos Rodrigues/Secom

A Patrulha Maria da Penha em Toledo recebeu, nesta terça-feira (26), um veículo para auxiliar nos trabalhos. O automóvel, no valor de R$ 60 mil, foi adquirido com recursos do Plano de Apoio ao Desenvolvimento dos Municípios do Estado do Paraná (PAM). A chave do veículo foi repassada aos guardas municipais que prestam o serviço à população em ato em frente ao Paço Municipal Alcides Donin.

Presente durante o repasse do veículo, o prefeito Beto Lunitti enalteceu o bom trabalho desenvolvido pela Guarda Municipal no combate à violência contra as mulheres. “Desde 2016, época em que implantamos este serviço, a equipe Patrulha Maria da Penha oferece este cuidado para todas (as mulheres) que sofrem qualquer tipo de violência doméstica”, comentou.

A equipe é composta por quatro guardas municipais (02 femininos e 02 masculinos) e atua na fiscalização das Medidas Protetivas de Urgência (MPU) determinadas pelo Poder Judiciário, promovendo segurança, monitorando, orientando e encaminhando para demais serviços da rede de proteção. “Isso contribui com a segurança da vítima e de familiares. Esse patrulhamento, com viatura caracterizada, acaba inibindo novas ações do agressor”, salientou o vice-prefeito Ademar Dorfschmidt. 

Os dados da violência contra a mulher em Toledo chamam a atenção. As autoridades creditam esse número não ao aumento dos casos, mas à efetividade das ações da Lei Maria da Penha. “As mulheres têm buscado mais o atendimento. Isso é resultado do trabalho de conscientização realizado por meio da intersetorialidade dos serviços, que criaram uma rede de atenção e proteção às mulheres”, comentou o secretário de Segurança e Trânsito, Arthur de Almeida.

Ações da Patrulha Maria da Penha ocorrem por meio da parceria entre as secretarias de Políticas para Mulheres (assistente social e psicóloga) e de Segurança e Trânsito (guardas municipais) com o Núcleo Maria da Penha (Numape), um projeto de extensão do câmpus Marechal Cândido Rondon da Universidade Estadual do Oeste do Paraná (Unioeste).

Foto: Carlos Rodrigues/Secom

Números de 2020

1.263 processos recebidos no sistema Processo Judicial Digital (Projudi) para análise 

433 novas medidas protetivas de urgência

2.328 atendimentos realizados 

2.352 relatórios enviados ao Poder Judiciário

Fonte: Secretaria Municipal de Comunicação