Quem frequenta o Parque Ecológico Diva Paim Barth já percebeu que ambiente está passando por importantes transformações. O cartão postal de Toledo está recebendo intervenções que vão tornar o espaço ainda mais seguro e agradável para as milhares de pessoas que o utilizam como opção de lazer.

Com um investimento de R$ 1.856.378,48, advindos de recursos próprios do município, os trabalhos estão divididos em várias frentes. Além da troca do piso das calçadas por um material mais resistente (à base de partículas de mármore e granito), que já está em andamento, serão construídas travessias elevadas em paver, rampas de acessibilidade, pergolado em madeira e parque infantil com piso emborrachado, e implantados piso tátil e rampas de acessibilidade. 

De acordo com o contrato firmado com a Metalúrgica Dantol Ltda., as obras devem ser concluídas até novembro. “É uma obra que a comunidade aguardava há muito tempo e coroa outras ações que foram e estão sendo feitas no entorno. É um dos nossos principais cartões postais em transformação”, destaca o prefeito Lucio de Marchi.

O secretário do Desenvolvimento Ambiental e Saneamento, Neudi Mosconi, observa que estas melhorias representam uma melhoria nas condições do uso do espaço, porém pede a compreensão da população quanto a possíveis transtornos nos locais onde as equipes estiverem trabalhando na remodelação. “Pedimos para que todos, por questão de segurança, evitem de circular pelas áreas onde homens e maquinários estiverem atuando. Contudo, é importante que a comunidade acompanhe o andamento dos trabalhos para nos ajudar a deixar o parque ainda melhor para a comunidade”, salienta.

Mais obras

Mosconi destaca ainda outras melhorias que estão sendo feitas nas imediações do Parque Ecológico Diva Paim Barth. “Nossa equipe fez uma série de adequações na Usina do Conhecimento e estamos concluindo agora a pintura externa do espaço. Também pintamos os pórticos de entrada no parque e as telas do Horto, serviço este que está sendo feita de forma voluntária por servidores municipais, sem custos de mão de obra para os cofres da prefeitura, que arca somente o valor da tinta”, relata. 

O secretário espera colocar outros projetos em práticas até o fim do ano. “Queremos concluir a revitalização da Usina do Conhecimento, com pintura nova, calçamento e iluminação em LED. Também trabalhamos com este prazo para concluir a elaboração e começar a execução do projeto de reabertura das trilhas internas do Horto Florestal, com pista de caminhada asfaltada. Atendendo demanda do Ministério Público, também queremos promover uma transformação bastante grande no bosque que se encontra no coração da cidade, onde nascem as nascentes que fornecem as águas que formam nosso querido lago”, anuncia.

Fonte: Secom/Pref. de Toledo