O ano de 2020 no Brasil certamente também será lembrado pela grande e intensa onda de calor que se espalhou pelo país entre o fim de setembro e o começo de outubro de 2020. Uma onda de calor histórica, que até o dia 6 de outubro de 2020, já havia quebrado recordes de calor de mais de 100 anos. Foi o que ocorreu em Cuiabá, que registrou 44,0°C no dia 30/9/2020.

No dia 5/10/2020, Campo Grande, capital de Mato Grosso do Sul, bateu novamente  o recorde histórico de calor com a temperatura de 41,0°C.

A temperatura de 44,6°C registrada em Água Clara, município de Mato Grosso do Sul, em  05/10/2020 bateu o recorde de calor do MS e entra para a história da climatologia do Brasil como uma das maiores temperaturas já registradas pelo INMET no país. 

Nova Maringá, em Mato Grosso, também registrou 44,6°C. Este é o segundo maior valor registrado no Brasil e empata com a marca de Orleans, em Santa Catarina, que experimentou este calor em 6/1/1963. 

Até o dia 6/10/2020, segundo dados oficiais do INMET – Instituto Nacional de Meteorologia -, a maior temperatura oficialmente medida no Brasil é 44,7°C em Bom Jesus do Piauí, em 21/11/2005. 

Curitiba e o Sul do Brasil também estabeleceram novos recordes históricos. Em Curitiba, mas maior temperatura já registrada é de 35,5°C, em 2/10/2020, superando a marca de 35,2°C de 17/11/1985.

recorde histórico de calor agora da Região Sul é a temperatura de 42,9°C em Morretes, no litoral do Paraná, em 2/10/2020. O recorde anterior, de acordo com o INMET, era de 41,6°C em Guaíra, no oeste do Paraná, em 17/11/1985.

Estes são apenas alguns exemplos do que já ocorreu dentro dos dias de atuação desta impressionante onda de calor. 

Saiba quando a histórica onda de calor de 2020 vai terminar

A meteorologista Josélia Pegorim explica o que vai ocorrer com a temperatura no Brasil até o fim da primeira quinzena de outubro e mostra que esta histórica onda de calor de 2020 está chegando ao fim.  Saiba ainda a expectativa de chuva para a segunda quinzena de outubro de 2020, no vídeo abaixo

Fonte Clima Tempo