Artista Isaac Souza de Jesus. Foto: Fabio Ulsenheimer/Secom

Os últimos dias têm sido bastante movimentado no Centro de Artes e Esportes Unificados de Toledo (CEU das Artes)! O espaço cultural, localizado no Jardim Santa Clara IV, ganhou novos ares com a pintura da quadra poliesportiva, iniciada semana passada por servidores da Secretaria Municipal de Esportes e Lazer (Smel), e a atualização de um dos grafites pelo artista plástico Isaac Souza de Jesus (formado no próprio CEU), que colocou uma nova obra no lugar de outra que também é de sua autoria.

Estas melhorias integram um processo de adequação pelo qual o CEU está passando desde o início do ano,. A princípio, a Secretaria Municipal de Cultura fez um diagnóstico a fim de verificar as necessidades do espaço e, a partir disso, recuperou seis e adquiriu quatro computadores novos para o Telecentro, fez a manutenção das calhas (solucionando a infiltração registrada no anfiteatro), colocou lixeiras e reparou de forma emergencial a rede elétrica do imóvel. 

Em breve, a pasta planeja, com o auxílio da Secretaria Municipal de Desenvolvimento Ambiental e Saneamento (SMDAS), revitalizar o playground e fazer uma remodelação da pista de skate. Todas estas melhorias têm em vista a ampliação das atividades culturais, esportivas e comunitárias ali oferecidas (confira a programação ao fim da matéria).

A coordenadora do espaço, Carla Poltronieri, pontua que várias oficinas do programa “Nossa Praça, Nosso Céu” estavam previstas para 2021, mas a piora da pandemia do novo coronavírus fez todo o planejamento ser revisto. “Já tínhamos iniciado as matrículas e para algumas existe até fila de espera. Assim que esta crise sanitária amenizar, queremos voltar com tudo e colocar uma estrutura melhor à disposição dos nossos alunos”, salienta. “Estamos organizando um excelente retorno. Nosso público alvo são as crianças e jovens, porém teremos projetos que atenderão também adultos no geral como por exemplo a Oficina de Danças Circulares para o público de 15 a 60 anos. O objetivo é criar empatia e socializar as pessoas da comunidade”, frisa. 

Cursos e Oficinas – Todos gratuitos

Oficina profissionalizante: cestas de jornal; coelhos de feltro e casquinha de crepom 

Ministrante: Cleonice Dumke

Público: mulheres a partir de 18 anos 

Aulas de Capoeira 

Ministrante: Professor Henrique (Quilombo Tekoha) 

Público: crianças e jovens (turma infantil de 05 a 09 anos de idade / turma juvenil de 10 a 17 anos de idade) 

Curso de Dança Circular 

Ministrante: Professora Josi 

Público: 15 a 60 anos (máximo de 10 alunos) 

Curso de Defesa Pessoal para Mulheres 

Ministrante: Professora Janete 

Público: mulheres a partir de 18 anos 

Oficina de Danças Urbanas (Hip Hop) 

Ministrante: Professora Fernanda Fetter 

Público: adolescentes de 13 a 17 anos

Aula de Dança do Ventre 

Ministrante: Professora Andreia Flach 

Público: mulheres a partir de 18 anos

Aulas de Futsal

Ministrante: Professor Eduardo

Público: crianças e adolescentes, de ambos os sexos, de 5 a 15 anos

Aulas de Música (bateria e violão)

Ministrantes: Professores Gianni Ambrosino e Alysson Delegá

Público: a partir dos 8 anos de idade