Foto: Fabio Ulsenheimer/Secom

Empresários de Toledo, de todos os portes e atividades econômicas, bem como representantes de entidades da sociedade civil organizada estão convidados a participar, no próximo dia 5 (quarta-feira), de um evento cujo tema central será o agenciamento de trabalhadores em meio à crise econômica causada pelo novo coronavírus. O evento, que será realizado a partir das 8h30 no Auditório Acary de Oliveira, anexo ao Paço Municipal Alcides Donin, é promovido pela Agência do Trabalhador e pelas secretarias municipais de Desenvolvimento Econômico, da Agricultura, de Políticas para Mulheres e da Juventude.

Para que diversas ideias, vindas de pontos de vista diferentes, sejam amplamente discutidas e aproveitadas ao máximo, o evento será no formato brainstorming. Traduzido livremente do inglês, este conceito significa “tempestade de ideias”, isto é, vários saberes unidos em torno de um objetivo em comum.

O gerente da Agência do Trabalhador, Rodrigo Souza, destaca o tamanho do desafio que a situação atual apresenta e que a unidade local do órgão tem expandido suas atividades desde o começo do ano, tornando-se uma das melhores do Paraná. “Como medida de segurança para os servidores da agência, estamos atendendo exclusivamente por agendamento por meio de link enviado via WhatsApp aos candidatos às vagas oferecidas por intermédio da agência. Também estamos atuando pelo sistema de convocação, no qual o trabalhador identificado pelo nosso banco de dados como tendo o perfil pretendido se dirige diretamente à empresa que está contratando. Estas são algumas das medidas que estamos tomando para manter ativo todo o processo de preenchimento de vagas de emprego abertas em nosso município e neste encontro do dia 5 queremos apresentar e ouvir sugestões de estratégias que aperfeiçoem este processo”, detalha. “Nós vivemos um momento de crescimento dentro da agência, no qual mais vagas estão sendo abertas todos os dias e a gente está tendo uma dificuldade para encaminhar o trabalhador para algumas delas em que o número de candidatos interessados não cobre a necessidade do empregador, situação que será debatida neste brainstorming”, observa.

De acordo com a secretária de Políticas para Mulheres e da Juventude, Jennifer Teixeira, uma das maiores dificuldades destes tempos tem sido a inserção de jovens, mulheres e pessoas com deficiência em um mercado de trabalho que ainda se encontra retraído. “A mudança começa pela qualificação destas pessoas e o ponto de partida para transformar esta realidade é ouvir as empresas, entender quais são as suas dificuldades, o que falta para que estas pessoas ingressem no mundo do trabalho da melhor maneira”, salienta. “A partir disso, promoveremos o ‘Bora Trabalhar’, oficina que vamos oferecer com o objetivo de apresentar as tendências do mercado de trabalho, ensinando-os, por exemplo, a elaborar um bom currículo, coerente com a vaga almejada, e a como se portar numa entrevista de emprego”, pontua.

O debate entre empresários e representantes do poder público será o pontapé inicial para as atividades do Mês do Trabalho, uma extensão do Dia Internacional do Trabalho e do Trabalhador, lembrado em 1º de maio. A partir das ideias propostas e aceitas durante o encontro, serão elaboradas e organizadas ações que marquem a data e que ampliem a capacidade das empresas e do município como um todo de gerarem mais empregos. “Toledo vislumbra os avanços que estamos pensando para o futuro por conta da nossa gente trabalhadora, que faz parte deste grande contexto de lutas e de conquistas. É assim que daremos um passo à frente, com poder público e iniciativa privada unidos, produzindo riqueza, transformação e qualidade de vida para o nosso povo”, analisa o prefeito de Toledo, Beto Lunitti.

Fonte: Secretaria Municipal de Comunicação