O certificado de Atenção Primária de Qualidade foi entregue à Secretaria Municipal de Saúde na sexta-feira (16) e reconhece, sobretudo o compromisso da gestão e profissionais de saúde no enfrentamento da Covid-19

O Município de Maripá está entre os quatro melhores municípios do Paraná e entre os 225 melhores do Brasil na qualidade da atenção primária à saúde. É o que mostra uma avaliação realizada pelo Ministério da Saúde em 5.570 municípios, que reconhece iniciativas adotadas por municípios brasileiros para a manutenção de pontuação em indicadores considerados fundamentais para a área. O certificado de Atenção Primária de Qualidade foi entregue à Secretaria Municipal de Saúde na sexta-feira (16) e reconhece, sobretudo o compromisso da gestão e profissionais de saúde no enfrentamento da Covid-19.

“Todos os servidores ficaram muito contentes e merecem todo reconhecimento pelo trabalho que realizam. Este selo demonstra a assertividade das ações que são desenvolvidas com a população como, por exemplo, o acompanhamento das gestantes e o Hiperdia, que acompanha as pessoas hipertensas, dois dos critérios avaliados e que contribuíram para esse resultado”, destaca a secretária de Saúde, Marguid Maas Lerner.

Para a entrega do selo foram avaliados os critérios de: consultas pré-natal, atendimentos odontológicos na gestação, realização de exames para sífilis e HIV em gestantes, cobertura de exame citopatológico, aplicação da vacina contra a poliomielite e vacina pentavalente, acompanhamento de pessoas hipertensas e solicitação do exame de hemoglobina glicada para pessoas com diabetes.

SELO – A homenagem condecora com o selo Atenção Primária de Qualidade municípios que estão trabalhando pelo fortalecimento da Atenção Primária (APS), além de valorizar o esforço dos profissionais de saúde em todo o país que, mesmo em face de uma emergência sanitária de caráter mundial, prioriza o papel da APS como porta de entrada no sistema de saúde.

“O certificado de qualidade da APS vem para reconhecer o trabalho que tem sido feito pelos municípios e Distrito Federal para alcançarem os parâmetros de qualidade que esperamos que a população receba. É importante e estratégico para o SUS o governo Federal continuar investindo cada vez mais na Atenção Primária”, reforça o secretário da Atenção Primária à Saúde da pasta, Dr. Raphael Câmara.

O Selo de Certificação de Atenção Primária de Qualidade do Ministério da Saúde avaliou o desempenho dos municípios no 3º quadrimestre de 2020, e destacou os que conquistaram nota acima de 7 nos indicadores de desempenho do Programa Previne Brasil citados acima. Apenas 225 deles atingiram a pontuação, sendo nove do Paraná e somente dois da 20ª Regional de Saúde de Toledo: Santa Helena, que conquistou o primeiro lugar e Maripá, com a quarta melhor pontuação.

A classificação geral entre os municípios paranaenses, por ordem de pontuação foi: Santa Helena  (20ª Regional de Saúde Toledo); Tomazina (19ª Regional de Saúde  Jacarezinho); Maripá (20ª Regional de Saúde Toledo); Perobal 12ª Regional de Saúde Umuarama); Castro (3ª Regional de Saúde Ponta Grossa);  Barracão (8ª Regional de Saúde Francisco Beltrão);Campo Bonito e Iguatu (10ª. Regional de Saúde Cascavel) e Jaguariaíva (3ª Regional de Saúde Ponta Grossa).

Fonte: Ascom/Pref. de Maripá