Música de Bezerra da Silva, escrita há mais de 40 anos continua sendo muito atual. Quero oferecer essa letra e música a alguns presidentes de partidos em Toledo, principalmente aqueles que dizem estar “ungidos” de cima para baixo.

Os intrusos

Há poucos dias, um dos meus urubus, que reside em Assis Chateaubriand, trouxe-me em seu bico umas informações “desenhadas” pelo ex-deputado, dando conta de que o partido do governador teria que apoiar o candidato indicado por sua legenda, como se fosse ele o “dono” do pedaço. Mal sabe ele que pelos desenhos das “coligações” majoritárias, o governador só virá a Toledo abrir as portas para quem for o vencedor, já que a maioria dos partidos o apoiaram.

Amadorismo impera nessas eleições

Diante de um cenário praticamente incerto de quem estará com quem e de quais nomes estarão disputando as próximas eleições, a melhor estratégia fica com aqueles que estão de bico calado e que só o abrirão quando tiverem dados científicos suficientes para informar a quem é de interesse.

Amadorismo impera nessas eleições I

Nas últimas semanas, foram várias as “pesquisas” realizadas em Toledo e, mesmo que os institutos usem os métodos tradicionais para saber das preferências, falham em não cumprir com o mínimo da amostra que seja mais compatível. Dos quase 100 mil eleitores de Toledo, entrevistar menos de 600 pessoas, dependendo da área geográfica, pode sair dos 5% das margens de erro e induzir um grupo político a tomar decisões incertas.

Amadorismo impera nessas eleições II

Esses erros e contradições, falhas ou fraudes nas pesquisas eleitorais podem sim influenciar na decisão do voto do eleitor. Graças a Deus que hoje, o povo toledano está bem politizado e se o perguntar quais são os 11 jogadores da seleção brasileira, não saberão responder, mas dos 11 componentes do STF respondem de imediato.

Mais uma moção de aplausos, plausível

Foi entregue nessa terça-feira a moção de aplausos ao ex-servidor público, agora aposentado José Carlos de Queiroz, em reconhecimento aos 36 anos dos relevantes serviços prestados aos munícipes toledanos. 

Mais uma moção de aplausos, plausível I

Iniciou sua carreira na vida pública como mecânico e galgou os degraus de crescimento, aposentando-se com um dos melhores servidores do serviço público municipal, onde atuou como diretor.  Entre inúmeras ações de sua iniciativa, creio que a mais relevante foi a de ter idealizado a construção de sede própria do PROCON de Toledo, entidade da qual foi coordenador premiado nacionalmente.

Assista nesse link o momento solene e reservado:

Moção de aplausos a José Carlos de Queiroz, pelos 36 anos prestação de relevantes serviços ao contribuinte. Entre elas esta a conquista da nova sede do PROCON de Toledo. Mais uma iniciativa do vereador Leoclides Bisognin.

Posted by Gazeta de Toledo on Tuesday, September 8, 2020
https://www.facebook.com/GazetadeToledo/videos/405271843939948