Lançamento do Maio Amarelo. Foto: Carlos Rodrigues/Secom

Representantes das forças de segurança (Polícia Civil, Polícia Militar, Corpo de Bombeiros e Guarda Municipal), juntamente com representantes do Legislativo e do Executivo participaram na manhã desta segunda-feira (03) do lançamento da campanha Maio Amarelo 2021. A cerimônia aconteceu no Auditório Acary de Oliveira, anexo à Prefeitura de Toledo. A campanha deste ano tem como mote principal em Toledo o “respeito e responsabilidade”.

O prefeito Beto Lunitti ao conduzir os trabalhos destacou a importância e a conectividade das forças de segurança do município, além de ressaltar a importância da integração das mesmas com a comunidade a fim de contribuir com a diminuição dos acidentes de trânsito e, por consequência, das mortes no trânsito.

“Tudo começa pela educação, a vida é uma teia e tudo está conectado. O Maio Amarelo é uma campanha que nos trás um momento de reflexão e de alerta onde todos somos responsáveis. As ações educativas acontecem por parte do município e é necessário que as pessoas reflitam sobre suas atitudes no trânsito”, salientou Lunitti.

O vice-prefeito Ademar Dorfschmidt, reiterou a fala de Beto, “no trânsito cabe a cada um de nós a responsabilidade de fazer a nossa parte e passarmos isso para nossas famílias”, frisou.

O secretário de Segurança e Trânsito, Arthur Rodrigues de Almeida, disse que o foco da campanha da ONU abrange principalmente o público jovem entre 15 e 29 anos. “Toledo sempre teve uma participação ativa e tem investido para tentar reduzir o abuso no trânsito. Infelizmente ainda é difícil coibir, a maioria dos últimos acidentes que resultaram em mortes a pessoa estava alcoolizada. Este mês vamos insistir nas atividades de orientação para os condutores”, alertou.

Ele apresentou um dado curioso, hoje existem 1,2 veículos por habitante em Toledo. São mais de 100 mil veículos emplacados, sendo aproximadamente 27 mil motocicletas. 

O 2º Tenente do Corpo de Bombeiros de Toledo, Eduardo Ortiz Novinski, informou que em 2020 foram 1343 acidentes de trânsito atendidos em Toledo apenas pelo Corpo de Bombeiros. Estes acidentes resultaram em 14 óbitos no local, além dos que faleceram posteriormente em decorrência dos sinistros. 

“De forma empírica, percebemos que o uso do álcool e a imprudência são os fatores que mais dão causa a acidentes. Limites de velocidade excedidos, sinalizações desrespeitadas, entre outras imprudências são as principais causas. Programas como o Maio Amarelo são importantes, assim como a análise de dados para levantar os principais pontos e propor melhorias, até mesmo na engenharia de tráfego”, apontou Novinski. 

O Capitão Jimmy Cajuhy Carlesso, Comandante da 1ª Companhia do 19º Batalhão da Polícia Militar, acrescentou o número de acidentes atendidos pela PM no primeiro trimestre de 2021 em Toledo, 304 ao todo. “São nossos irmãos, amigos e familiares que diariamente se envolvem em acidentes, a maior parte deles ocasionados por falha humana. É nossa responsabilidade conscientizar as pessoas disso”, lembrou Cajuhy. O presidente da Câmara de Vereadores, Leoclides Bisognin, representou os demais vereadores na cerimônia do Maio Amarelo e pediu para que as campanhas de trânsito sejam permanentes. 

Programação

O Departamento de Trânsito, por meio da coordenação de Educação para o Trânsito, divulgou algumas das agendas para a campanha de 2021. Semanalmente serão divulgados vídeos de autoridades ligadas ao trânsito para abordar sobre os principais problemas encontrados no município. As crianças também foram selecionadas para as ações educativas. O trabalho será realizado com alunos dos quintos anos de oito escolas municipais. Nas terças e quintas-feiras haverá orientações via meet com uma escola diferente, onde os alunos poderão esclarecer dúvidas com os GMs. Uma ação com auto escolas será desenvolvida no Parque Diva Paim Barth para orientar a população em geral. Mais de mil laços amarelos estão sendo entregues nas repartições públicas e são alusivos à data. No interior, uma ação em parceria com o Núcleo de Transportadoras irá abordar principalmente os caminhoneiros sobre o assunto.

Fonte: Secretaria Municipal de Comunicação