Foto: José Fernando Ogura/AEN

Montante será aplicado em obras de ampliação do sistema de média tensão e no reforço nas redes de distribuição urbanas e rurais

O sistema elétrico que atende Cascavel, no Oeste do Paraná, recebe investimentos para garantir o fornecimento de energia em quantidade e qualidade para apoiar o crescimento projetado para os próximos anos. A Copel vai aplicar até 2023 o montante de R$ 118 milhões em obras de ampliação do sistema de média tensão e no reforço nas redes de distribuição de energia elétrica urbanas e rurais com o programa Paraná Trifásico.

O sistema de alta tensão também está ganhando reforço com a construção de novas linhas de distribuição e melhorias nas subestações que atendem o município.

Do total de investimentos, R$ 47,16 milhões serão utilizados em obras de média tensão em Cascavel. O valor é referente ao triênio 2021 a 2023, período em que serão instalados no município novos reguladores de tensão, religadores automáticos e religadores monofásicos nas áreas urbana e rural.

As obras em andamento do Paraná Trifásico irão receber a maior parte desse investimento: quase R$ 33 milhões. Outros R$ 3,16 milhões serão utilizados em ampliação e reforço nas redes subterrâneas e R$ 3,15 milhões na construção de um novo alimentador de 13,8 mil volts. Segundo o gerente de Projetos e Obras da região, Maicon Wathier, estas obras têm como objetivo principal garantir maior continuidade ao fornecimento de energia.

ALTA TENSÃO –Em outra frente de atuação, a concessionária amplia a capacidade de transformação no município com investimentos da ordem de R$ 71 milhões. Desse montante, R$ 36 milhões serão aplicados na construção da linha de 138 mil volts ligando a subestação Cascavel Norte à subestação Ubiratã. Outros R$ 24,5 milhões serão utilizados na construção da linha de 138 mil volts ligando a subestação Foz do Chopim à subestação São Cristóvão.

E a subestação São Cristóvão vai ganhar o segundo transformador com capacidade de transformação de 41,67 megavolt ampére, num investimento de R$ 5 milhões.

Atualmente, a Copel atende 150,2 mil ligações de energia em Cascavel, sendo 127 mil residenciais, 14,7 mil estabelecimentos comerciais, 3 mil indústrias e 3,7 mil propriedades rurais.

Fonte: Agência Estadual de Notícias