Foto: Ricardo Morante/Secom

Toledo aplicou neste sábado (22), “Dia D” da campanha de vacinação contra a Influenza, 728 unidades do imunizante que protege contra os tipos de gripe mais graves e comuns no Brasil –  “A” (H1N1 e H3N2), “B” e sazonais. Durante todo o dia, cinco unidades de saúde (Coopagro, Maracanã, Porto Alegre, São Francisco e Centro de Saúde) ficaram abertas para distribuir doses a gestantes, mães de bebês nascidos há até 45 dias (puérperas) e crianças com idade entre 6 meses e 5 anos (grupos que já estavam na primeira fase), bem como a professores e idosos com mais de 60 anos.

Com esses números, o total de pessoas imunizadas chega a 18.917, algo em torno de 38% das doses que Toledo estima receber do Ministério da Saúde. Em relação aos públicos vacinados, a cobertura vacinal encontra-se assim: crianças (70%), gestantes (62%), trabalhadores da saúde (60%), puérperas (54%), trabalhadores da educação (50%) e idosos (37%).

Até 8 de junho, quando se encerra a segunda fase da 23ª Campanha Nacional da Vacinação Contra a Influenza, pessoas que integram estes grupos podem receber sua dose. Para isso, basta levar documentos pessoais e carteirinha (professores devem portar uma declaração do local de trabalho em mãos) até a unidade básica de saúde mais próxima durante seu horário de funcionamento.

Apenas as unidades do Bressan/Cezar Park e Concórdia, temporariamente desativadas, e as do Cosmos e do Panorama, que atendem exclusivamente pacientes com sintomas de Covid-19, não estão realizando este serviço. “Deixamos um alerta para aqueles que receberam a primeira ou segunda dose do imunizante contra a Covid-19. Para evitar maiores problemas, estas pessoas devem esperar ao menos 14 dias para serem vacinados contra a Influenza”, adverte a enfermeira da Vigilância Epidemiológica, Rosana Cerbarro.

Fonte: Secretaria Municipal de Comunicação