Imagem ilustrativa: Cronologia de Jorge Amado (Foto: Reprodução)

Entidade foi escolhida no chamamento público mais concorrido desde a implementação do modelo de gestão por organizações sociais de cultura em São Paulo

O IDBrasil Cultura, Educação e Esporte será a organização social de cultura responsável pela gestão do Museu da Língua Portuguesa em sua nova fase, entre 2020 e 2025. O contrato foi assinado no dia 1º de setembro junto à Secretaria de Cultura e Economia Criativa do Governo do Estado de São Paulo. A entidade foi escolhida no chamamento público mais concorrido da história do modelo de gestão em São Paulo.

O IDBrasil administra o Museu do Futebol desde sua abertura, em 2008, e o Museu da Língua Portuguesa desde 2012. Se especializou no gerenciamento de espaços museológicos que tratam de patrimônio imaterial e com parque tecnológico significativo, os chamados museus-experiência.

Além disso, é vanguarda no Brasil na implementação de centros de referência – o Centro de Referência do Futebol Brasileiro (CRFB) –, pioneiro na pesquisa e documentação de acervos digitais, que será modelo para um departamento semelhante a ser implementado no Museu da Língua Portuguesa. 

A direção técnica do MLP ficará a cargo da museóloga e historiadora Marília Bonas, que já dirigiu outras importantes instituições museológicas paulistas, a exemplo do Museu do Café (Santos), do Museu da Imigração e do Memorial da Resistência. Especialista em museologia social, ela tem como proposta o estreitamento de laços com a comunidade.

Fonte: Assessoria de Comunicação