A Secretaria Municipal da Educação (SMED), promoveu nesta Quarta-feira (31), o Fórum Municipal da Diversidade. O evento foi realizado no auditório da Faculdade Assis Gurgacz – FAG câmpus Toledo. O momento contou com a presença da Vereadora e Líder de Governo, Janice de Souza Salvador, representando o Prefeito Lúcio de Marchi, da Diretora do Departamento de Ensino, da SMED, Elissiane Aparecida Zen do Amaral, representando a Secretária Municipal da Educação, Edna Heloisa Schaeffer Amaral, o Presidente do Fórum de Educação e vice presidente do Conselho Municipal da Educação, Leandro de Araújo Crestani, na representatividade, também, da Presidente do Conselho Municipal da Educação, Eliana de Fátima Buzin, da assessora do Núcleo Regional da Educação, Neiva Marques de Andrade Niero, representado o chefe do Núcleo, José Carlos Guimarães, a vereadora Marli Gonçalves, também se fez presente, assim como, professoras e professores da rede municipal e estadual de ensino, representantes de entidades, Associações, Conselhos e demais interessados. 

O Fórum teve como objetivo destinar um momento para estudos, reflexão e discussões acerca das temáticas da Diversidade.

A arquitetura do evento deu-se da seguinte maneira: no período da manhã, com a palestra “Atuação docente em Ensino Religioso: espaço de diversidade e exercício de alteridade”, e na parte da tarde, com Mesa Redonda: “Machismo, feminismo e identidades de gênero no trabalho escolar: uma abordagem a partir dos direitos humanos”.

O intuito do Fórum foi partilhar experiências e conhecimentos sobre as diversas formas de manifestação dos fenômenos religiosos, de identidades pessoais e culturais e sobre a cultura machista que ainda determina e limita muitas vivências.

Para o coordenador de Diversidade e Ensino Religioso, da SMED, o professor Ney Arboleya. “O contexto foi discutir temáticas educacionais, a fim de proporcionar e formar professores nesse contexto educacional, que consigam entender o plural que é o Brasil. Participaram hoje, membros de Associações, Conselhos, Agentes da Diversidade, das escolas e dos Centros Municipais de Educação Infantil, dentre outros. A ideia é continuar a formação e estudos dos agentes, em face do que foi discutido, no dia de hoje”. 

Para a professora, Janice de Souza Salvador, “o Fórum Municipal é extremamente relevante. Toda essa diversidade está presente em nossas instituições de ensino e em nossa sociedade. Sem dúvidas é uma atribuição da SMED criar espaços para que diferentes agentes públicos, possam discutir e problematizar sobre esses temas. Possibilitando assim, outros olhares sobre o assunto”.

Para a Diretora do Departamento de Ensino, Elissiane Aparecida Zen do Amaral, “o Fórum Municipal da Diversidade é um espaço destinado ao estudo e a reflexão. Frente ao que os documentos oficiais, observam para o Ensino Religioso, mais do que nunca estes momentos se fazem necessários, uma vez que, é preciso que tenhamos outras oportunidades de estudos e vivências, para que a condução dos trabalhos com o Ensino Religioso realmente se efetive em sala de aula”.

Fonte: Secom/ Pref. de Toledo