Foto: Ricardo Morante/Secom

O prefeito Beto Lunitti e o vice Ademar Dorfschmidt recepcionaram, nesta terça-feira (25) uma comitiva para falar sobre algumas ações em memória de José Carlos Schiavinato, vítima da Covid-19 em 13 de abril deste ano. O encontro aconteceu na sala de reuniões do Gabinete do Prefeito e contou com a presença de vereadores, ex-servidores municipais e do filho do ex-prefeito e ex-parlamentar, Rafael Schiavinato.

Foi sugerida a possibilidade de homenagear Schiavinato com a realização de uma exposição, no dia 26 de novembro, com momentos da vida política do ex-prefeito. “A intenção nossa é que esta mostra esteja no hall do Teatro Municipal no dia 26 de novembro, aniversário do espaço”, disse a empresária toledana, Kuniko Maeda. 

Outro pedido, este segundo o prefeito Beto Lunitti deverá ser analisado de forma conjunta com a Câmara de Vereadores, é a possibilidade de dar o nome de José Carlos Schiavinato ao Teatro Municipal. “Eles são representantes da população. Iremos encaminhar uma mensagem sobre o assunto para que eles nos ajudem, pois eles são os representantes, junto conosco, da população. Por parte do Executivo, não existe nenhum empecilho”, explica. A possibilidade de renomear uma avenida em Toledo com o nome da ex-primeira dama de Toledo, Marlene Schiavinato, também foi sugerida pelo prefeito Beto Lunitti.

O vice-prefeito Ademar Dorfschmidt afirmou que as homenagens, em sua opinião, são justas. “Uma figura pública que atuou de forma inédita nas três esferas governamentais [prefeito, deputado estadual e deputado federal] e que merece todo nosso reconhecimento. Militamos em campos opostos na política, mas nunca deixamos de respeitá-lo”, afirmou.

Fonte: Secretaria Municipal de Comunicação