Biopark, um dos exemplos de como a tecnologia impulsiona Toledo entre as cidades que mais desenvolvem inteligância Smarti Cities

Três municípios aqui da nossa região Oeste do Paraná se destacam entre as cidades com mais de 50 mil habitantes que figuram no ranking nacional Connected Smart Cities. Em todo o Estado são oito cidades que aparecem na lista. Com destaque nacional, o primeiro lugar ficou para São Paulo, seguido por Florianópolis. Em terceiro lugar está Curitiba.

Para chegar ao resultado, foram analisados 11 eixos temáticos e mais de 300 indicadores de desenvolvimento econômico sustentável, utilizados em padrões internacionais que ajudam a minimizar riscos e sinalizam oportunidades de negócios. A tecnologia é usada para promover qualidade de vida e desenvolvimento sustentável com gerenciamento e serviços oferecidos à população, conforme o documento.

Os três municípios do Oeste, que estão entre cidades mais inteligentes do País são: Cascavel (51ª), Foz do Iguaçu (79ª) e Toledo (96ª). Conforme a Urban Systems, que elabora o ranking, são mais de 900 projetos e 700 cidades analisadas. “É um resultado importante, tendo em vista que muitas das empresas associadas à Iguassu-IT, colaboram com o fornecimento de soluções tecnológicos para a região”, analisa o presidente da Associação das Empresas de Tecnologia da Informação e Comunicação do Oeste do Paraná (Iguassu-IT), Marcio Pinheiro, disse a SECOM Cascavel. Além de Cascavel, Foz do Iguaçu e Toledo, o Paraná tem Curitiba (3ª), Maringá (24ª), Londrina (25ª), Pato Branco (49ª) e São José dos Pinhais (87ª).

Ranking

O Connected Smart Cities envolve empresas, entidades e governos em uma plataforma voltada à inovação e construção de cidades mais inteligentes, humanas e sustentáveis com os princípios de integração, inovação, colaboração, transparência e foco nas pessoas.

Por haver diversos conceitos de Cidades Inteligentes, desde os que estão mais apoiados em tecnologia, até aqueles que estão mais relacionados ao meio ambiente e a sustentabilidade, há o Ranking nomeado Connected Smart Cities.

Conceito

O estudo considera o “Conceito de Conectividade” sendo a relação existente entre os diversos setores analisados. O conceito de smart cities considerado entende que o desenvolvimento só é atingido quando os agentes de desenvolvimento da cidade compreendem o poder de conectividade entre todos os setores.

Na imagem, vemos a vista aérea do Biopark, em construção. Um dos exemplos, aliado a outras instituições de nosso polo universitário, de como o desenvolvimento tecnológico impulsiona Toledo rumo ao “Conceito de Conectividade”.