Foto: Divulgação/Secom

Buscar avanços para o setor de segurança em Toledo. Com este intuito, uma comitiva do município com representantes das Secretarias Municipais de Segurança e Trânsito e de Políticas para as Mulheres e o prefeito Beto Lunitti, participou de agendas em Curitiba e Araucária na última segunda-feira (19). As tratativas eram voltadas à segurança pública, estacionamento rotativo gratuito, integração do videomonitoramento e atendimento às mulheres em situação de violência. 

Para tratar das pautas, o prefeito e os demais servidores foram recepcionados pelo secretário da Segurança Pública do Paraná, coronel Romulo Marinho Soares. Uma das conversas foi sobre o Boletim de Ocorrência Unificado. Esta ferramenta trará mais integração às informações relacionadas às ocorrências que envolvem a segurança pública, trazendo mais celeridade no atendimento. “Assinamos o termo de cooperação e essa troca de informações vai permitir mais rapidez nas ações de segurança”, comentou Lunitti.

O destravamento para a construção da Delegacia Cidadã também foi tema do encontro. “Toledo já disponibilizou o terreno para o Governo do Estado, agora estão sendo finalizados os projetos e o secretário [de Segurança Pública do Paraná] assumiu o compromisso de tramitar o mais rápido possível os processos relacionados à obra”. Lunitti destacou a importância desta ação para a população toledana.

Outro assunto diz respeito a implantação de uma central de monitoramento da Polícia Militar com o compartilhamento das imagens com a Guarda Municipal. “Compartilharemos todas as imagens do setor público e posteriormente, por meio de convênios com a iniciativa privada, queremos acessar imagens de empresas e residências criando um grande sistema de vigilância integrado em Toledo, remetendo tudo, em tempo real, para a central de vigilância estadual”.

Em Araucária a comitiva conheceu o sistema de estacionamento rotativo gratuito. “Vamos aprofundar essa discussão. É viável, porém é preciso aprofundar os estudos e discutir com a sociedade de Toledo”, completou Beto Lunitti. 

A comitiva teve a participação dos diretores de Trânsito, Roni Padilha, e da Funtec, Carlos Nascimento, do secretário de Segurança e Trânsito, Arthur Almeida, do engenheiro de tráfego, Fabiano Faria, da secretária de Política para as Mulheres, Jennifer Teixeira, e do prefeito Beto Lunitti. 

Proteção à mulher

Entre as discussões realizadas em Curitiba estavam a proteção à mulher. Foi solicitado pelo prefeito de Toledo, Beto Lunitti, uma atenção no atendimento da Delegacia da Mulher. “Tratamos sobre o horário de funcionamento. Atualmente ela permanece aberta até às 18h e depois os atendimentos ocorrem na Delegacia Central. Conversamos com o secretário Coronel Romulo [Marinho Soares] e foi proposta a ampliação para às 22h”. Aproveitando a discussão, foi conversado sobre a possibilidade de Toledo contar com a ferramenta ‘Botão do Pânico’, aplicativo para atendimento emergencial e prioritário às vítimas de violência doméstica que possuam medida protetiva e estejam sob grave risco.

Fonte: Secretaria Municipal de Comunicação