Belos cenários, como a cachoeira do Rio São Francisco, estarão em evidência em uma das ações que o município fará em alusão ao Dia Mundial da Água

Limitada pela pandemia, Secretaria de Desenvolvimento Ambiental e Saneamento realizará atividades não presenciais com apoio de Itaipu e Conselho dos Lindeiros

O Dia Mundial da Água é celebrado em 22 de março, mas Toledo costuma lembrar a data durante os 31 dias do terceiro mês do ano com uma programação diversificada (oficinas, limpezas de rios, palestras, recuperação de nascentes e recomposição de matas ciliares) elaborada e organizada pelo município e diversas entidades representadas no Coletivo Educador Municipal. Contudo, diante de um cenário no qual aglomerações não podem ser formadas em razão da pandemia do novo coronavírus, a Secretaria Municipal de Desenvolvimento Ambiental e Saneamento (SMDAS) se reinventou e promoverá ações a distância em parceria com Itaipu Binacional e os outros 54 municípios do Oeste do Paraná que são membros ou parceiros do Conselho de Desenvolvimento dos Municípios Lindeiros.

O secretário responsável pela pasta, Maicon Bruno Stuani, pontua que estas atividades, a exemplo de anos anteriores, seguirão focadas na sensibilização da população sobre boas práticas de preservação e consumo da água. “Sem as ações coletivas presenciais que tanto amamos ainda é possível contribuir! A educação ambiental não pode parar numa situação como esta. Temos que aproveitar esse momento de recolhimento e introspecção das pessoas para aprofundar nosso conhecimento e compreensão  nas estratégias adotadas pelo município de conservação e recuperação dos recursos hídricos. Isso contribuirá para construção de uma consciência sobre a atuação de cada cidadão para a proteção dos nossos recursos hídricos”, observa.

Stuani acrescenta que outro ponto que será abordado nestas ações diz respeito à publicidade sobre a situação local dos recursos hídricos existentes em Toledo, que é destaque no cenário regional pelo seu Planejamento Estratégico da Gestão Ambiental, compreendido por estudos, planos e leis relacionados ao assunto.  “Neste sentido, queremos pedir o apoio da imprensa para divulgar os dados da nossa água, principais impactos e o que estamos fazendo para melhorar” complementa.

Planos e ações

Desde 2016 Toledo possui um Plano Municipal de Recursos Hídricos (PMRH), regulamentado pela Lei Ordinária “G” n° 2.243/2017 e que prevê, para os próximos 20 anos, ações voltadas à melhoria da qualidade da água em curto, médio e longo prazo. Estas foram construídas por meio de um amplo diagnóstico realizado a partir do levantamento de todos os impactos sofridos pelos corpos d’água tanto superficiais (nascentes, rios, riachos e lagoas) quanto subterrâneos (aquíferos, poços, canais), o qual apontou que a destinação dos resíduos sólidos urbanos e os lançamentos irregulares de substâncias tóxicas estão entre os principais problemas registrados no município. “Queremos nesta semana do Dia Mundial da Água, entre  22 e 26 de março, apresentar, com toda transparência, os pontos fortes e os pontos fracos para aprendermos o que podemos fazer para melhorá-los”, salienta Stuani.

O secretário ressalta que, além de abordar estes problemas, as atividades alusivas ao Dia Mundial da Água estarão focadas em fazer a população conhecer algumas das belezas cênicas das cinco bacias hidrográficas do município (rios Toledo, Marreco, Santa Quitéria, Guaçu e São Francisco). “Temos lindas cachoeiras, nascentes e quedas e pedimos a todos que tiverem acesso para acompanhar as contas da Secretaria de Desenvolvimento Ambiental e Saneamento e Secretaria de Educação no Instagram e no Facebook para conferir estes cenários”, convida

Linha Ecológica

Outra linha de atuação da SMDAS neste Dia Mundial da Água tão diferente por causa da pandemia diz respeito ao convênio “Linha Ecológica: Educação para Sustentabilidade e Desenvolvimento Cultural do Território” firmado entre Itaipu Binacional e Conselho de Desenvolvimento dos Municípios Lindeiros. Um dos frutos desta parceria é a já tradicional campanha integrada de educação ambiental, a qual, neste ano, apresenta o tema “Quem consome e separa de forma consciente, cuida da água e cuida da gente. Minha atitude faz a diferença”.

A gerente da Divisão de Educação Ambiental da Itaipu Binacional, Leila Alberton, destaca que em 2021 será dada ênfase ao incentivo para o cidadão fazer a separação correta dos resíduos sólidos, o que contribui para a preservação de recursos naturais, incluindo a água que deixa de ser utilizada para a fabricação “do zero” de um produto. O ponto de partida será o lançamento de um jingle (peça publicitária sonora em forma de canção) que será veiculado por todos os municípios do Oeste do Paraná, a critério de cada prefeitura – a de Toledo, por exemplo, usará suas redes sociais para divulgar o material, que também será compartilhado em grupos de trabalho em aplicativos de mensagem instantânea (WhatsApp, por exemplo). 

Na avaliação dos gestores que compõem o Conselho de Desenvolvimento dos Municípios Lindeiros, o jingle demonstra a unidade das associações de catadores com as prefeituras da região no que tange ao trabalho de conscientização a respeito da coleta seletiva. “Esta peça colabora para o fortalecimento da identidade dessa área, que executa um trabalho fundamental em Educação Ambiental”, diz Marcos Chaves, de Marechal Cândido Rondon.

Ainda para esta data, a Linha Ecológica está disponibilizando para as secretarias municipais de Educação da área de abrangência do Conselho várias sugestões de atividades práticas e vídeos com o tema “Consumo Consciente”. “Não podemos ter ações presenciais e com público, mas o Dia Mundial da Água  é uma das principais datas para quem trabalha com educação ambiental, e, por essa razão, não podíamos deixar passar em branco”, reforça Mauri Schneider, coordenador executivo do convênio, que trabalhará ainda em mais duas campanhas integrativas em 2021, na Semana Mundial do Meio Ambiente (30 de maio a 5 de junho) e no Dia da Árvore (21 de setembro).

Fonte: SECOM- Prefeitura do município de Toledo