Plantio de árvores na Avenida Papagaios, em Cascavel.

Com a reurbanização das vias, 690 árvores precisaram ser retiradas, contudo, o governo municipal já iniciou o replantio de 1.052 plantas

O Município de Cascavel investiu mais de R$ 80 milhões em obras públicas de reurbanização. Um robusto cardápio de melhorias que garantem mais segurança no trânsito, valorização dos bairros e qualidade de vida aos cascavelenses.

Dentro desse panorama de desenvolvimento, também há a preocupação com o meio ambiente. O governo municipal entende que avançar é importante, mas adotando medidas sustentáveis e que preservem a natureza. Por isso, junto ao projeto de reurbanização, a Secretaria de Serviços e Obras Públicas também instituiu o Plano de Arborização.

Por conta das obras nas Avenidas Brasil, Gralha Azul, Interlagos, Xavantes, Papagaios, Itália e ruas Adolfo Garcia, Gandhi, Leonardo da Vinci e Maria Tereza Figueiredo, foram necessárias as retiradas de 690 árvores para promover o alargamento das vias, iluminação em led, pavimentação asfáltica, calçadas em paver, acessibilidade, entre outros. Para recompensar essa lacuna, o Plano de Arborização, prevê o plantio de mais de 1.000 árvores nas mesmas regiões, um aumento de mais de 52% de verde pela cidade.

Esse plantio já está em andamento em algumas vias, como na Avenida Papagaios. A moradora do bairro Floresta, Jheniffer Gandin, aprovou a estratégia de arborização. “É uma ótima medida, Cascavel precisa pensar no meio ambiente. É importante sempre pensar em deixar a cidade mais verde, é bom para a natureza e traz mais beleza para o bairro”, observa.

Conforme a Sesop, as árvores que foram retiradas não eram nativas e também dificultavam o acesso de pessoas portadoras de necessidades especiais. A escolha dos locais das árvores foi decida juntamente com os técnicos da Secretaria do Meio Ambiente, já pensando em não atrapalhar a entrada de carros e comércio, além de observar a fiação elétrica. “Sabemos o quanto é importante as árvores em nosso meio urbano. Elas ajudam a equilibrar a temperatura do ambiente, com sombreamento, promove a vida dos pássaros, da nossa fauna, além de contribuir com sua evaporação para formação de nuvens e com isso as chuvas”, frisa o engenheiro da secretaria, Sandro Camilo Rancy.

Em Cascavel, as espécies plantadas são o Ipê e a Quaresmeira, árvores nativas da nossa região. As plantas são de pequeno e médio porte, não danificam as calçadas e ainda colorem a cidade com suas flores coloridas.

O engenheiro Sandro lembra que a qualquer sinal de vandalismo com as árvores, os cidadãos podem acionar a Ouvidoria do Município, por meio do 156. “Pedimos ajuda a cada morador e membro da comunidade para que protejam as mudas para que as árvores cresçam, tragam benefícios e embelezem nossa cidade”, finaliza.

Fonte: Secom/Pref. de Cascavel