Foto: Fábio Pozzebom/Agência Brasil

No âmbito das eleições de 2020, o Programa Cidades Sustentáveis (PCS), alinhado aos Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS) das Nações Unidas, disponibilizou uma carta-convite aos candidatos a cargos políticos que concorrem nas eleições 2020 para renovar os compromissos com a agenda de sustentabilidade, o combate às desigualdades, a promoção dos direitos humanos, a participação social, o respeito ao meio ambiente e a transparência na gestão pública.

Com o slogan “Siga com a gente! Lado a lado, sempre em frente!”,  a campanha tem o objetivo de mobilizar e sensibilizar os candidatos a prefeito e vereador, juntamente com os partidos políticos, para assinarem os compromissos em defesa da inclusão da sustentabilidade  e o enfrentamento às desigualdades como premissa fundamental no planejamento urbano e nas políticas públicas municipais, por meio da assinatura da carta compromisso.

Valorizando a democracia e a política como instrumentos de mudança e aperfeiçoamento da sociedade, a campanha propõe que os partidos também se comprometam com o desenvolvimento sustentável e a Agenda 2030, segundo a Coordenadora do Programa Cidades Sustentáveis, Zuleica Goulart.

A adesão ao programa é uma oportunidade de integrar a gestão local a uma agenda global. “Se eleito, o candidato pode alinhar o planejamento da cidade a uma avançada plataforma de desenvolvimento sustentável e à Agenda 2030, da Organização das Nações Unidas (ONU)”, destaca a diretora técnica do Conselho de Desenvolvimento dos Municípios Lindeiros ao Lago de Itaipu, que apoia a campanha, Sandra Finkler.

Como aderir

As cartas-compromisso estão disponível para serem baixadas no endereço cidadessustentaveis.org.br/institucional/pagina/adesao_pcs. Depois de preenchidas, devem ser escaneadas encaminhadas para o e-mail: adesaopcs@cidadessustentaveis.org.br.

A campanha do PCS está sendo promovida em parceria com o Projeto CITinova, que também inclui a ampliação da plataforma do programa. Na região Oeste do Paraná o trabalho tem o apoio do Conselho de Desenvolvimento dos Municípios Lindeiros ao Lago de Itaipu.

Fonte: Assessoria