Foto: Divulgação/Assessoria da Unioeste

A Universidade Estadual do Oeste do Paraná (Unioeste), Campus de Toledo, participa neste ano do Pint of Science, evento mundial de divulgação científica em bares e restaurantes. O evento acontece em 67 cidades brasileiras entre os dias 17 e 19 de maio. Além do Brasil, outros 29 países também realizam o Pint of Science.

O coordenador local do evento, professor Douglas Cardoso Dragunski, fala que viu o evento realizado mundialmente, com uma fala mais descontraída para tratar de ciência, e entrou em contato com a organização nacional para trazer o Pint of Science para a Unioeste de Toledo. “Já tinha a experiência do ‘Ciência na Praça’ (projeto de extensão do curso de Química da Unioeste, que faz divulgação científica em pontos de alta circulação na cidade), que sempre tenta passar para a sociedade o que está sendo trabalhado pela ciência, e tentamos fazer o mesmo com o Pint of Science”, explica Dragunski.

A pró-reitora de extensão, Fabiana Regina Veloso, explica que a Pró-Reitoria de Extensão (PROEX) desde 2020 apoia a ação “Logo no início a PROEX apoiou o evento e o organizador local, o Professor Douglas. Neste início de ano,A articulamos a indicação dos palestrantes e apresentamos o evento ao reitor da Unioeste, Alexandre Weber. Nós fizemos o contato com todos os campi da Unioeste para ter ao menos um palestrante de cada cidade e deixamos livre para que os diretores de campi indicassem os nomes para as palestras”, argumenta Veloso.

O tema escolhido para ser abordado no evento deste ano foi a pandemia de Covid-19. De acordo com Dragunski, foram chamados pesquisadores de várias áreas para o evento, abordando temas que vão desde a produção de vacinas até os impactos social e econômico da pandemia. “A intenção é levar às pessoas uma informação de qualidade”, salienta Dragunski.

Devido à pandemia de Covid-19, o evento deste ano será realizado de forma on- line, (com cada palestrante falando de sua residência) pela plataforma Zoom e com transmissão pelo canal de YouTube da PROEX. O assessor da PROEX, Gustavo Bergamasco da Fontoura, explica que a decisão foi tomada pela segurança de conexão que ela oferce. “Ainda no SEU (Seminário de Extensão Universitária) percebemos que a conexão do Zoom era mais estável e passamos a usá-lo”, explica Fontoura.

Veloso argumenta que a intenção do evento é atingir a comunidade externa à universidade, o público leigo, para socialização do conhecimento em um espaço público, como a ideia original propõe _ com o caneco na mão. Para que o objetivo seja alcançado, o horário para a realização do evento foi pensado para que as pessoas pudessem assistir as palestras, entre as 18 e as 19:30 horas. Neste espaço de tempo, pode-se atingir as pessoas que trabalham durante o dia e, também, durante a noite.

Diariamente, os eventos terão de duas a três palestras, com duração estimada de 20 minutos cada. Além das palestras, haverá também momentos de entretenimento, com algumas bandas tocando no intervalo das palestras e também com salas interativas para que o público possa bater um papo com os palestrantes. Esperamos o público, com seus canecos de cerveja, vinho ou drinks à mão noO link para acompanhar as palestras no link é https://www.youtube.com/channel/UC3AVlkA-6sKLesKP6djC54Q?view_as=subscriber .

Fonte: Assessoria de Comunicação da Unioeste