Foto: Divulgação/Biolabore

A Cooperativa de Trabalho e Assistência Técnica do Paraná (Biolabore), com sede em Santa Helena e atendimento à região Oeste do Paraná, elegeu seu Conselho Diretor para os próximos três anos. O processo ocorreu de forma semipresencial devido às restrições decorrentes dos protocolos de combate ao Coronavírus. Além disso, os associados também acompanharam a prestação de contas da entidade e o plano de trabalho.

O objetivo da gestão é o fortalecimento das relações com o público atendido e aumento do portfólio de serviços, segundo o presidente, reconduzido ao cargo, Douglas Kunz.

Além da presidência, o Conselho Diretor tem como vice-presidente, Cristiani Cavilhão; tesoureira, Débora Guerino Boico; secretário, Juliano Casagrande e conselheiro vogal, José Augusto Kolling. 

Chapa única, houve aprovação por maioria dos associados. “Demonstrou-se união da cooperativa e de objetivos entre todos os cooperados”, destaca Douglas Kunz.

Pauta

A pauta completa contou com a prestação de contas do Conselho Diretor, compreendendo o relatório da gestão, o balanço, o demonstrativo da conta de sobras e perdas e o parecer do conselho fiscal do exercício de 2020; Destinação das sobras ou rateio das perdas; Eleição do Conselho Fiscal; Apresentação do plano de trabalho para o exercício corrente; e adoção de diferentes faixas de retirada dos sócios.

A Biolabore

Atualmente a Biolabore conta com 79 cooperados. É um grupo multidisciplinar composto por engenheiros agrônomos, agrícolas e ambientais, zootecnistas, médicos veterinários, biólogos, filósofo, teólogo, administradores, turismólogo, geógrafo, sociólogo e técnicos agropecuários e agrícolas, técnicos em agroecologia, engenheiro de pesca, engenheira química, engenheiro ambiental, economista, e advogado.

Foto: Divulgação/Biolabore

Fonte: Assessoria de Comunicação da Biolabore