Ao ser indagado sobre as acusações e sua prisão, Richa diz que todos os processos que sofreu não foram jurídicos, e sim políticos. “Tive minha casa, minha família e minha privacidade invadidas a 20 dias de uma eleição, sem sequer ter um pré-requisito, ou seja, um inquérito aberto, formalizado. Sequer fui chamado para depor, sequer fui ouvido”, disse Beto Richa.

Presunção de inocência incinerada

Beto, em vários momentos da entrevista, usava o termo ‘eles’. Pedi que fosse mais claro, e de pronto afirmou: ‘os membros do Ministério Público e juízes*’.   “Porque se for ler o que eles descreveram (acusações criativas e não verdadeiras), me faria necessário tomar uma caixa de ENGOVE para não vomitar. Infringiram até a ‘presunção de inocência’, prendendo eu e minha esposa”, afirmou Beto Richa.

Assista a entrevista completa nesse link: https://www.facebook.com/GazetadeToledo/videos/883158659268439

O dia do Corpus Christi não é um feriado nacional

Embora seja um momento comemorativo da Igreja Católica em todo o país, não há uma Lei Federal que defina especificamente essa data como feriado nacional. Ou seja, trata-se de um ponto facultativo nas cidades onde a data não foi decretada como feriado municipal. Em Toledo, de acordo com a Lei nº 475, de 6 de dezembro de 1968, o dia de Corpus Christi é feriado municipal.

Retroação

Foi publicado no Diário Oficial do Estado Paraná, nessa terça-feira, o Projeto de Lei 21.098, que autorizou o Poder Executivo a efetuar a doação/devolução do usufruto da nossa “península” junto ao Parque Ecológico Diva Paim Barth.

Retroação I

Esse imóvel, que já abrigou inúmeros projetos, dos quais nenhum vingou naquele espaço, precisa de uma grande revitalização, já que o mesmo será destinado exclusivamente ao funcionamento de Serviços Públicos Municipais, retornando ao patrimônio do Estado, caso lhe seja dado destino adverso.

Tania Maion

Pré-candidata a deputada federal pelo PROS, será minha entrevistada no Gente & Poder, no próximo sábado. Ela falará sobre as Ações Civis Públicas que vem sofrendo por defender a liberdade de ir e vir. Ela foi enquadrada no Art.  268 do Código Penal (crime contra a saúde pública) por ter defendido o direito dos comerciantes de Marechal Cândido Rondon trabalharem.

Gustavo Ferlin

Pré-candidato a deputado estadual pelo PP de Cascavel, é advogado, empresário da construção civil e neto de família pioneiro aqui de Toledo. Ele falará sobre dois fatores que impactam a economia no Oeste: Ferroeste e pedágios.