Colheita de soja em Correntina, Bahia (BA) 01/04/2010 REUTERS/Paulo Whitaker

O Banco do Brasil anunciou um reforço de R$ 1 bilhão para as linhas de crédito rural voltadas ao financiamento de máquinas e equipamentos agropecuários. A contratação utilizará recursos próprios da poupança rural, com taxa de 7,5% ao ano e prazo de até seis anos.

Este valor se soma ao montante de R$ 9,1 bilhões já disponibilizados pela instituição para a safra 2020/21 em operações de investimento agropecuário. A cifra é 27% maior do que a do mesmo período da safra anterior, segundo o BB.

Por meio das redes sociais, a ministra da Agricultura, Tereza Cristina, comemorou o anúncio e listou o total de investimentos feitos pela pasta até o momento na atual safra. Foram disponibilizados R$ 236,3 bilhões em recursos desde julho, de acordo com a ministra. Ela informa ainda que desse total, R$ 57 bilhões foram direcionados a investimentos.

“O desempenho tem sido fantástico, com o crescimento de contratações e mais crédito para o nosso campo. O agro, com muita confiança no Brasil, tem aplicado e demandado mais recursos”, disse Tereza Cristina. Para a ministra, o reforço oferecido pelo BB vai ajudar a apoiar toda a cadeia produtiva.

De acordo com o vice-presidente do Banco do Brasil, João Rabelo, essa alocação de recursos busca ampliar o apoio da instituição ao agronegócio brasileiro. Fonte: CNN. Elisa Calmon, do Estadão.