Foto: Valderi Geovani Müller/Secom

Foi assinada na manhã de segunda-feira (14), no Gabinete do Prefeito, a ordem de serviço que autoriza a Lego Construtora Eireli – representada pelo administrador Geverson Silva Rodrigues – a iniciar a construção da Central de Material Esterilizado (CME). A estrutura, anexa à Unidade de Pronto Atendimento (UPA) Dr. José Ivo Alves da Rosa, receberá investimentos de R$ 1.397.211,21 – recursos advindos da Associação dos Portadores de Lesão por Esforços Repetitivos (AP-LER).

De acordo com o contrato firmado entre prefeitura e construtora, a previsão de término para a obra é de 10 meses a contar do início dos trabalhos, que devem começar no prazo máximo de 10 dias. “Atualmente o depósito do material esterilizado utilizado por todas as unidades de saúde do município fica em um espaço reduzido, dentro do PAM [Pronto Atendimento Municipal]. Com essa nova Central, vamos ter eficiência em todo o processo, pois, depois de pronta, teremos uma obra complexa e moderna, que atende a todas as exigências da Vigilância Sanitária”, destaca a secretária de Saúde, Denise Liell.

Fonte: Secretaria Municipal de Comunicação