A lista dos candidatos aprovados e convocados no concurso do Instituto Água e Terra (IAT) foi divulgada nesta quarta-feira. Foto: IAT

A lista dos candidatos aprovados e convocados no concurso do Instituto Água e Terra (IAT) foi divulgada nesta quarta-feira (1º) no Edital nº 091/2021. A contratação se dará através da Secretaria de Estado da Administração e Previdência (Seap).

De acordo com o edital, os 130 aprovados no concurso público, por classificação e por cotas, devem apresentar documentação necessária para contratação entre os dias 20 de dezembro deste ano e 20 de janeiro de 2022.

O IAT é um órgão vinculado à Secretaria do Desenvolvimento Sustentável e do Turismo (Sedest) e responsável por proteger, preservar, conservar, controlar e recuperar o patrimônio ambiental paranaense, buscando melhor qualidade de vida e o desenvolvimento sustentável com a participação da sociedade.

O órgão tem uma defasagem de pessoal por conta de diversos motivos, como aposentadoria, falecimento, entre outros. O secretário da pasta, Márcio Nunes, ressalta que a carência de profissionais aumentou após a reestruturação do órgão ambiental estadual, em 2019.

“Há mais de 30 anos não é feito um concurso público para a contratação de profissionais no órgão ambiental do Estado, e quando criamos o Instituto Água e Terra pensamos em unificar em um mesmo instituto todas as atividades ligadas ao meio ambiente. Trouxemos para um único órgão os antigos Instituto Ambiental do Paraná (IAP), Instituto de Terras, Cartografia e Geologia (ITCG), e o Instituto das Águas do Paraná”, disse.

Confira AQUI a lista dos convocados.

CONCURSO – As provas do concurso tiveram que ser adiadas em função da pandemia. Elas estavam agendadas para março de 2020, mês da confirmação dos primeiros seis casos no Paraná.

O processo seletivo contou com 12.555 inscritos, que fizeram as provas em Cascavel, Curitiba e Maringá no dia 1º de agosto deste ano. Os aprovados vão compor o quadro técnico do IAT em diversas funções. São técnicos de manejo e meio ambiente (26), engenheiros químicos (19), engenheiros florestais (16), engenheiros agrônomos (20), geólogos (8), biólogos (8), químicos (5), engenheiros civis (17), sociólogos (1), geógrafos (3), engenheiros cartográficos (4), arquitetos (2) e médico veterinário (1).

“Os novos profissionais vão atender as necessidades do Instituto, principalmente em relação ao licenciamento, monitoramento, fiscalização e outorga de uso da água. São grandes demandas da população, em especial do setor produtivo”, afirmou o diretor-presidente do IAT, Everton Souza.

Os novos profissionais terão remunerações que variam de R$ 1.554,33 a R$ 3.730,42, mais as bonificações. O processo seletivo foi realizado pelo Instituto Brasileiro de Formação e Capacitação (IBFC).

Fonte: Agência Estadual de Notícias