Foto: Divulgação/Secom

Uma ação humanitária dos familiares do médico e servidor público municipal Ronald Niculitcheff, vítima da Covid-19 em Toledo, foi concretizada nesta sexta-feira (21). A Secretaria de Saúde recebeu, de uma antiga unidade hospitalar desativada e de propriedade do médico, diversos equipamentos hospitalares. As doações serão utilizadas no Pronto Atendimento Municipal Doutor Jorge Nunes (PAM/Mini Hospital).

Os materiais estavam sem uso há bastante tempo e foram restaurados por empresas que doaram seus trabalhos. “Ele [Ronald Niculitcheff] havia manifestado aos familiares o desejo de que esses equipamentos, usados em seu hospital no distrito de Vila Nova, após sua morte fossem reaproveitados. Esta vontade foi atendida e a missão de salvar vidas permanecerá para além do compromisso de seu juramento”, disse o vice-prefeito Ademar Dorfschmidt que agradeceu as empresas parceiras na reforma e ao vereador Gabriel Baierle que participou da ação.   

Para a secretária de Saúde, Gabriela Kucharski, que teve a oportunidade de trabalhar com o profissional, a presença desses equipamentos, mesmo antigos, porém recuperados e em totais condições de uso, tem uma simbologia. “Grande parte dos profissionais do PAM atuaram junto com o Doutor Ronald e ver estas estruturas aqui nos remete um excelente profissional e um colega de trabalho amigo de todos”, destaca. 

O conjunto doado é composto de 2 camas hospitalares, 2 macas, 3 comadres, 6 suportes para soro, 5 escadinhas, 1 suporte para tirar sangue, 3 suportes para saco de lixo, 3 mesinhas, tesouras, pinças e alicates. A reforma dos equipamentos foi realizada pelas empresas Akiawatec, Jato de Areia e Metalúrgica Tolfo, Brum Estofados, Soldas e Manutenção AB Laser e Inomaq, que intermediou os serviços junto com as demais empresas por meio do proprietário, Alceu Almeida.

Ronald Niculitcheff

Ronald era médico, trabalhou na Prefeitura de Toledo por 31 anos e entre os locais que atuou estão o Pronto Atendimento Municipal Doutor Jorge Nunes (PAM/Mini Hospital) e na Unidade Básica de Saúde do distrito de Vila Nova. O profissional de saúde faleceu em 5 de março deste ano, aos 73 anos, vítima de Covid-19.

Fonte: Secretaria Municipal de Comunicação