Uma ação desenvolvida em Toledo beneficiou dezenas de catadores de materiais recicláveis que precisam de ajuda, sobretudo no momento pelo qual estamos passando.

Os trabalhadores que estão organizados na Associação de Catadores de Recicláveis (Acatol) receberam o auxílio através de uma ação solidária promovida pelo Núcleo dos Objetivos de Desenvolvimento Sustentável de Toledo (Núcleo ODS). Uma campanha de arrecadação, idealizada pelo Núcleo ODS angariou cestas básicas que foram distribuídas a 64 catadores do município.

Entretanto, um apelo é feito à sociedade para que haja nova mobilização, uma vez que esses trabalhadores deixaram de receber as cestas em agosto. Por reconhecer que eles desempenham um papel de extrema importância para o Município de Toledo e para o Meio Ambiente, uma nova campanha está sendo realizada pelo Núcleo para que cada um dos catadores cadastrados na Acatol recebam uma cesta básica nos meses de setembro, outubro, novembro e dezembro de 2020.

Como funciona?

Cada padrinho(a)deverá adotar um catador e se comprometer de fornecer uma cesta básica para cada um dos 4 meses da campanha. O Núcleo ODS fez a i mpressão de formulários com o nome dos 64 beneficiários e um campo para identificar (caso queira) o doador (padrinho).

É importante ressaltar que todas as cestas devem conter rigorosamente a quantidade de itens relacionados na tabela abaixo:

Qtde e produto

1 Açúcar Cristal – pcte 5kg

1 Arroz branco tipo 1 – 5kg

1 Farinha de trigo especial – 5kg

1 Feijão carioquinha 1kg

1 Fubá – pcte 1kg

1 Macarrão parafuso com ovos – 500g

1 Óleo de soja refinado – 900ml

1 Sal refinado extra iodado – 1kg

1 sabonete em barra – 90g

1 Água sanitária – 1L

1 Creme dental – 90g

É importante que seja seguida à risca a quantidade e peso de cada item para que todos os beneficiários recebam o mesmo padrão de cesta básica.

O formulário correspondente a cada mês deve ser fixado com fita adesiva transparente na cesta básica. A mesma deverá ser entregue na Secretaria de Meio Ambiente, na Rua Raimundo Leonardi, Nº 100 (Casa do Tarzan) aos cuidados de Guilherme ou Marli.