A volta dos eventos sociais com restrições.

O novo Decreto, permite a volta dos eventos em clubes, recreações, casamentos etc. Lembrando que existem inúmeras exigências que devem ser cumpridas no regulamentado do COE. Leia por completo nesse link:

http://gazetadetoledo.com.br/com-restricoes-novo-decreto-libera-eventos-em-toledo/

O “eu-ismo” impera nos partidos políticos de Toledo!

Vou replicar a coluna que escrevi dia 22 de julho sobre o tema “meu umbigo” nas eleições em Toledo. Parece que nada mudou e, ao contrário, fortaleceu minha tese, pois até dentro das próprias siglas partidárias o “digladiar intransitivamente” está grande. A sugestão aqui feita era em haver uma união até mesmo dos partidos “antagônicos”, em prol do município e não de grupos.

O “eu-ismo” impera nos partidos políticos de Toledo!  I

O que eu não imaginava ver era um “racha” internamente nos partidos, a ponto de dois deles realizarem uma reunião com a nítida intenção de desbancar um concorrente dentro da mesma sigla partidária. Entendo que tudo faz parte do jogo, mas novamente prevaleceu o “meu-umbigo”, e não a ideia de “crescimento” político e dos políticos por Toledo. Sei que o afunilamento para as eleições está cada dia mais sob pressão e isso está intrínseco em todos os nomes que se lançaram como “pré-candidatos”, o que a esse colunista foi manifestado. E isso não é saudável.

O “eu-ismo” impera nos partidos políticos de Toledo! II

Para quem vive a política de Toledo, tanto agora como outrora, sabe que nessa terrinha sempre tiveram dois lados na disputa final. Nesse ano, ao que se vê a menos de 45 dias das eleições é a arte de olhar apenas para o próprio o umbigo, abstendo-se de um projeto de amadurecimento político e de crescimento de novos nomes para serem representantes em todas as esferas.

O eu-ismo impera nos partidos políticos de Toledo III
O eu-ismo, ou a arte de olhar apenas para o próprio o umbigo, consiste em passar a vida, ou de 4 em 4 anos, falando em tons de “eu” (mim), não só por parte dos políticos, mas também da maioria dos cidadãos. Creio que soaria melhor usar o tom de “nós”, de olhar além daquele “orifício”, pois somos quase 100 mil eleitores e sem deputados estaduais e só um federal, eleito com as calças na mão.

O eu-ismo impera nos partidos políticos de Toledo III
Toledo cresceu não só fisicamente, mas também em termos de pessoas com qualidade, bons gestores, novas ideias, e assim devemos pensar e agir. Temos que pensar em um projeto maior de unir a cidade em prol do bem comum nas próximas eleições, sem que prevaleçam essas individualidades, sem cores partidárias. Esse é nosso dever como toledanos.

Destaque estadual

Me chamou a atenção a matéria publicada pelo Governo do Estado, referindo-se ao nosso Terminal Intermunicipal Alcido Leonardi, e dos mais de R$ 52 milhões investidos no sistema de esgoto e abastecimento de água, o que elevou a cidade para 82,36% no índice de aceso a rede coletora. Veja na integra nesse link:

Clube Caça e Pesca emite Nota explicativa

O Clube de Caça e Pesca de Toledo, através da sua diretoria, vem ao público em geral comunicar que realizou no último domingo (30), em conjunto com o programa e TV o pré-lançamento da 47ª Festa Nacional do Porco no Rolete.

Clube Caça e Pesca emite Nota explicativa I

O presidente Claudemir Rossi, em nome da diretoria do Clube de Caça e Pesca de Toledo, esclarece que não convidou as autoridades públicas do município, tampouco autoridades políticas. Assim como não pediu autorização a Prefeitura para este evento, uma vez que a divulgação do pré-lançamento se deu única e exclusivamente através do grupo de WhatsApp do clube.

Clube Caça e Pesca emite Nota explicativa II

Informou que todas as precauções e medidas de segurança estipuladas pelo COE em relação aos restaurantes, local onde foi realizado o evento a capacidade é para 640 pessoas, apenas para 100 pessoas estiveram presentes – a maioria composta por sócios do Clube de Caça e Pesca.