De boia fria a produtor de grãos ao lado da Coamo

O cooperativismo praticado no Brasil e no mundo, e sobretudo na Coamo, é o tema do nosso programa durante esta semana que antecede o Dia Internacional do Cooperativismo, celebrado no primeiro sábado do mês de julho, ou seja, no próximo final de semana. Nossa missão é contar histórias de cooperação construídas ao longo dos 50 anos da Coamo, que serão completado em novembro deste ano.
E a história de hoje é inspiradora. O ano era 1976, quando um então fazendeiro do distrito de Piquirivaí, em Campo Mourão (Centro-Oeste do Paraná), pega um de seus diaristas, coloca no carro e o leva até uma cooperativa para se associar. A cooperativa ainda no início, com seis anos de fundação, era a Coamo e o trabalhador rural, o cooperado Urcino Pereira. Quarenta e quatro anos se passaram e muitas foram as transformações tanto na vida do associado como na cooperativa.
Ouça o programa desta terça-feira (30) e inspire-se com a filosofia da cooperação.
Para ouvir o programa que foi ao ar hoje CLIQUE AQUI.

Fonte: Coamo