Saturday, May 30, 2020
Isenção e Verdade


Paraná dá exemplo nos gastos com o combate ao COVID19

…lágrimas de crocodilo Jamais imaginaria ver um político de Toledo me fazer “rir” de um “choro” na TV como ocorreu…

Por redacao gazeta , em Gente x Poder , no dia21 de maio de 2020, 18:13h

Clique Aqui


…lágrimas de crocodilo

Jamais imaginaria ver um político de Toledo me fazer “rir” de um “choro” na TV como ocorreu nos meados de 80. Ele era candidato a prefeito e tentou “chorar”, mas foi tão forçado e falso que, as urnas o mandaram para casa e nunca mais o dito cujo tentou via lágrimas de “crocodilo” ganhar votos…”eunuco” por analogia…kkkk…antes que eu esqueça, o nosso canal de TV (Independência) estava recém entrando no ar…imaginem o fiasco…essas cenas sim são uma agressão…

Homenagem valorosa!

Parabéns ao município por dar o nome de “Dr. Rafael Azambuja Patiño Cruzatti”, através do DECRETO Nº 814, para o Centro de Atenção Psicossocial Infantil (CAPSi) Novo Olhar. Uma homenagem póstuma por sua atuação e dedicação como profissional da medicina e por sua contribuição para o desenvolvimento do Município de Toledo.

Receita de ICMS cai 33,4% na primeira quinzena de maio.

A arrecadação do Governo do Paraná segue em queda em razão da pandemia da Covid-19. Nos primeiros 15 dias de maio, a receita com o Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços (ICMS) foi de R$ 1,26 bilhão. O montante é R$ 631,4 milhões menor em relação ao mesmo período do ano passado, já corrigido pela inflação e sem contabilizar entradas relativas a combustíveis, energia e parcelamentos.

Receita de ICMS cai 33,4% na primeira quinzena de maio I

As perdas aos cofres públicos alcançaram 33,4% nas duas primeiras semanas do mês, período que corresponde, em média, a 73% do total de receitas esperadas para maio. O déficit no conjunto das primeiras quinzenas de janeiro a maio alcança 7,2%. Os dados compõem o novo boletim conjuntural, divulgado nesta quinta-feira (21). O estudo é realizado semanalmente pelas secretarias de Planejamento e Projetos Estruturantes e da Fazenda.

Veja matéria completa nesse link:  https://gazetadetoledo.com.br/2020/05/21/receita-de-icms-cai-334-na-primeira-quinzena-de-maio/?fbclid=IwAR1kRyChBYDXbW4-PTwCKzDYdzTuBy6olqfnatPzdRvtr_8IzEWHlP6uBAY

Paraná dá exemplo nos gastos com o combate ao COVID19

Ele aparece em 4º melhor colocado no ranking da transparência nos gastos e contratações emergências. No índice de transparência dos contratos emergenciais para o enfrentamento da Covid-19 no Brasil ele somou 81 pontos à frente estão os estados do Espírito Santo (97,4 pontos), Distrito Federal (88,6 pontos) e Goiás (84,8 pontos).

Paraná dá exemplo nos gastos com o combate ao COVID19 I

Os dados foram colhidos entre os dias 12 e 19 de maio, e feito pela Transparência Internacional Brasil, foi divulgado nesta quinta-feira, 21 de maio. Foram avaliados os portais de 26 governos estaduais, do Distrito Federal e de 26 capitais sobre como estão dispostas as informações sobre contratações emergenciais de forma fácil e ágil.

São Paulo e Roraima são mau exemplo nos gastos com o combate ao COVID19

O resultado é uma pontuação de 0 a 100 em que os mais transparentes são aqueles que mais se aproximam da nota máxima e a ideia é de combater a corrupção e impedir desvios. Na outra ponta, na lanterna estão Roraima (22,1) e São Paulo (27, 8) como ruins.

Veja a tabela completa nesse link: https://transparenciainternacional.org.br/ranking/#ranking

Casal de Marechal Cândido Rondon se recusou a assinar termo de isolamento domiciliar.

O Juízo da Vara Cível da comarca determinou que um casal que viajou para participar de uma manifestação em Brasília seja obrigado a cumprir as medidas sanitárias de isolamento social indicadas para coibir eventual contaminação por coronavírus.

Casal de Marechal Cândido Rondon se recusou a assinar termo de isolamento domiciliar.

O casal viajou entre 14 e 19 de maio para participar do manifesto na capital federal e foram notificados pela Secretaria Municipal de Saúde para assinarem termo de responsabilidade de isolamento domiciliar e o casal, entretanto, recusou-se a assinar e foi notificado pelo MP.  Em caso de descumprimento da decisão liminar, cada um estará sujeito ao pagamento de multa de R$ 10 mil.

 

Page Reader Press Enter to Read Page Content Out Loud Press Enter to Pause or Restart Reading Page Content Out Loud Press Enter to Stop Reading Page Content Out Loud Screen Reader Support
%d blogueiros gostam disto: