Monday, June 1, 2020
Isenção e Verdade


Decreto autoriza linha exclusiva do transporte coletivo para equipes da BRF

Já está valendo o Decreto Municipal 806/2020 que autoriza a Viação Sorriso de Toledo Ltda. a criar uma linha exclusiva…

Por redacao gazeta , em Cidade , no dia14 de maio de 2020, 16:13h

Clique Aqui


Já está valendo o Decreto Municipal 806/2020 que autoriza a Viação Sorriso de Toledo Ltda. a criar uma linha exclusiva para funcionários da empresa BRF S. A. A medida, que tem prazo indeterminado, visa minimizar o risco de contágio dos colaboradores ao novo coronavírus, contribuindo com as ações sanitárias implantadas pelo frigorífico na sua linha de produção.

A alteração começa a valer a partir da 0h da próxima terça-feira (20) e prevê a utilização de 18 veículos em 20 horários de entrada e 20 de saída. O número de itinerários variará conforme o horário e estes não serão os mesmos das linhas regulares.

Devidamente identificados os ônibus e micro-ônibus envolvidos nesta operação – que perdurará enquanto as medidas de prevenção à pandemia de Covid-19 forem necessárias – não passarão pelo terminal nem utilizarão os mesmos pontos de parada. “A BRF desenvolveu uma logística em que o endereço de cada um dos 984 colaboradores da linha de produção foi mapeado e, assim, haverá para eles um lugar específico para esperar o transporte em horário também individualizado. A empresa também disponibilizará em cada carro um colaborador específico para averiguar a temperatura no momento do embarque e se certifica que as demais condições sanitárias, como a não utilização de um dos assentos nos bancos duplos, estejam sendo devidamente cumpridas”, detalha o gerente geral da Viação Sorriso, Daniel Kopicz.

As gratuidades do transporte coletivo urbano, previstas no inciso V do Art. 3º da Lei “R” nº 56, de 30 de agosto de 2002, não valerão para esta linha exclusiva. O decreto prevê ainda que as receitas e despesas relacionadas à medida “serão computadas para efeito de futuro cálculo de reajustes de tarifas” do serviço. Dessa forma, foi estabelecido o valor fixo de R$ 6,50 por passageiro que embarcar nesta linha, valor 60% acima do normal (R$ 4,05), diferença que será bancada pela BRF, sem onerar os demais usuários do transporte coletivo urbano. “Vamos inserir nos cálculos da tarifa técnica os custos desta linha exclusiva de forma a diminuir o índice do próximo reajuste, previsto para o começo do próximo ano, ainda mais porque, da forma como foi feito, haverá um superávit nesta operação”, observa o secretário de Administração, Moacir Neodi Vanzzo.

O gerente da Sorriso entende que o Decreto 806/2020 auxilia na manutenção do equilíbrio do sistema, que sofreu um abalo em razão da pandemia, com queda de 55% no número de passageiros que utilizam o transporte coletivo urbano de Toledo, índice que cairá ainda mais (para algo em torno de 70% a 75%) com a criação das linhas exclusivas. “É uma recuperação de receita para a gente, mas que se traduzirá também em maior segurança para os passageiros que não são colaboradores da BRF, pois estes estarão usando outros veículos, e haverá menos aglomeração nos pontos, terminal e dentro dos ônibus. É importante ressaltar que não haverá redução no número de linhas e carros disponibilizados à população em geral”, destaca.

Vanzzo pontua que um subsídio está sendo estudado pela administração municipal para que a concessionária do serviço público de transporte coletivo urbano se mantenha viável com a queda de arrecadação sofrida em razão da pandemia. “Assim, a empresa conseguirá fazer frente à queda de receitas e impediremos a necessidade de um reajuste muito grande para o começo de 2021”, comenta o secretário.

Fonte: Secom/Pref. de Toledo

Page Reader Press Enter to Read Page Content Out Loud Press Enter to Pause or Restart Reading Page Content Out Loud Press Enter to Stop Reading Page Content Out Loud Screen Reader Support
%d blogueiros gostam disto: