Monday, July 6, 2020
Isenção e Verdade


Toledo e a responsabilidade com o dinheiro público

Comércio aberto nesse sábado. O novo decreto autorizou funcionamento do comércio neste sábado das 9h às 13h e o Shopping,…

Por redacao gazeta , em Gente x Poder , no dia24 de abril de 2020, 17:02h

Comércio aberto nesse sábado.

O novo decreto autorizou funcionamento do comércio neste sábado das 9h às 13h e o Shopping, das 10h às 19h.

 Toledo e a responsabilidade com o dinheiro público

Li atentamente a “recomendação “ da 4ª Promotoria de Toledo pedindo ao município e a câmara municipal de Toledo que indica providências para intensificação no controle de gastos públicos durante a vigência do atual estado de calamidade pública, decretado pelo Município “em razão dos impactos socioeconômicos e para a saúde pública decorrentes das ações de enfrentamento da pandemia provocada pelo novo Coronavírus.

Toledo e a responsabilidade com o dinheiro público I

A recomendação “sugere” ainda que, os vereadores, intensifiquem a fiscalização do Município, sugerindo-se a requisição periódica de relatórios circunstanciados de execução orçamentária, bem como a convocação do secretário da Fazenda para esclarecimentos complementares, além da criação de comissão especial para acompanhamento da gestão orçamentária no curso do estado anormal de calamidade pública. Integra:

Toledo e a responsabilidade com o dinheiro público II

O que me chamou a atenção é que, essa “recomendação” foi publicada dois dias depois li, no Órgão Oficial do Município a publicação de duas portarias quase que “ipsis Litteris”.  Será que MP e Município agora, estão “SINCroNIZADOS” ou é mera coincidência?  Vejamos:

PORTARIA Nº 182, de 20 de abril de 2020

Constitui Comissão para realizar a análise de receitas, despesas e orçamento da administração pública municipal de Toledo, em decorrência das medidas necessárias ao enfrentamento da pandemia provocada pelo novo Coronavírus.

O PREFEITO DO MUNICÍPIO DE TOLEDO, Estado do Paraná, no uso de suas atribuições legais e em conformidade com o que dispõe a alínea “c” do inciso II do caput do artigo 61 da Lei Orgânica do Município,

RESOLVE:

Art. 1º – Fica constituída Comissão para realizar a análise de receitas, despesas e orçamento da administração pública municipal de Toledo, em decorrência das medidas necessárias ao enfrentamento da pandemia provocada pelo novo Coronavírus, composta pelos seguintes membros:

I – Balnei Lorenço Rotta;

II – Cleusa Elaine Schnee Ullmann;

III – Juliana Rogéria Cangirana;

IV – Norisvaldo Penteado de Souza;

V – Milton Endler.

Art. 2º – Esta Portaria entra em vigor na data de sua publicação.

PORTARIA Nº 183, de 20 de abril de 2020

Constitui Comissão para realizar a análise de gastos gerais da administração direta do Município de Toledo.

O PREFEITO DO MUNICÍPIO DE TOLEDO, Estado do Paraná, no uso de suas atribuições legais e em conformidade com o que dispõe a alínea “c” do inciso II do caput do artigo 61 da Lei Orgânica do Município,

RESOLVE:

Art. 1º – Fica constituída Comissão para realizar a análise de gastos gerais da administração direta do Município de Toledo, composta pelos seguintes membros:

I – Balnei Lorenço Rotta;

II – Cleusa Elaine Schnee Ullmann;

III – Juliana Rogéria Cangirana;

IV – Moacir Neodi Vanzzo.

Art. 2º – Esta Portaria entra em vigor na data de sua publicação.

GABINETE DO PREFEITO DO MUNICÍPIO DE TOLEDO, Estado do Paraná, em 20 de abril de 2020.

LUCIO DE MARCHI – PREFEITO DO MUNICÍPIO DE TOLEDO.

 

Regularizar o fazer o título de eleitor.

O TRE/PR aprovou em 20 de abril a Resolução 854/2020 dispondo sobre o atendimento do eleitor no Estado do Paraná, durante o período do plantão extraordinário decorrente do fechamento do cadastro eleitoral. O prazo máximo para fazer o alistamento (1º título), regularização, revisão ou transferência do título de eleitor termina dia 06 DE MAIO DE 2020. Maiores informações, acesse:

http://www.tre-pr.jus.br/imprensa/noticias-tre-pr/2020/Abril/alistamento-transferencia-e-regularizacao-de-titulo-comecam-a-ser-feitos-pela-internet-1

 

A demissão de Sérgio Moro

O Brasil e 100% dos defensores do presidente Bolsonaro estão perplexos com os pronunciamentos do ex-juiz Sergio Moro.  Ele afirmou categoricamente que não aceitaria ingerência política nas decisões judiciais, principalmente na PF e assim que Bolsonaro demitiu o comando, Moro fez um breve balanço e pediu sua demissão.

A demissão de Sérgio Moro I

O ex-juiz preferiu pedir demissão a ter que ceder as escolhas de nomes não técnicos no comando e na autonomia da PF. O Estado de Direito tem que ser respeitado, afirmou Moro e protocolou sua demissão. Por um lado, a saída de Sergio Moro, Bolsonaro passa a controlar a PF, por outro, Moro no campo político será nome forte para disputar a Presidência da República em 2022.

Resposta de Bolsonaro:

https://www.cnnbrasil.com.br/ao-vivo?fbclid=IwAR245MxAJhN7JODR7jNkfnd-bGDD0BUvKF1XR8vWl_sVZ9opsHIGVF7NM0M

https://www.cnnbrasil.com.br/ao-vivo?fbclid=IwAR245MxAJhN7JODR7jNkfnd-bGDD0BUvKF1XR8vWl_sVZ9opsHIGVF7NM0M

Page Reader Press Enter to Read Page Content Out Loud Press Enter to Pause or Restart Reading Page Content Out Loud Press Enter to Stop Reading Page Content Out Loud Screen Reader Support
%d blogueiros gostam disto: