Saturday, June 6, 2020
Isenção e Verdade


Diocese prepara a Missa dos Santos Óleos e Tríduo Pascal

  Uma das celebrações de expressão da unidade diocesana acontece nesta quarta-feira, 8 de abril, na Catedral Cristo Rei, em…

Por redacao gazeta , em Cidade , no dia8 de abril de 2020, 17:01h

 

Uma das celebrações de expressão da unidade diocesana acontece nesta quarta-feira, 8 de abril, na Catedral Cristo Rei, em Toledo, dentro da Semana Santa. É a chamada Missa dos Santos Óleos, na qual são realizados os ritos de consagração do óleo do Crisma e a bênção dos óleos do Batismo e dos Enfermos. A celebração terá início às 19h, sob presidência do bispo diocesano, D. João Carlos Seneme.

Se antes essa missa contava com a presença de todo o clero, religiosos e religiosas, seminaristas e leigos representantes das 31 paróquias, desta vez será privativa, contando apenas com a presença de alguns padres e diácono. Conforme determinações de D. João, estarão presentes, representando a unidade diocesana: o vigário-geral, o cerimoniário diocesano, os coordenadores dos Decanatos, o coordenador da Pastoral Presbiteral, o coordenador da Ação Evangelizadora, os formadores dos seminários diocesanos e o coordenador da Vida Consagrada e Religiosa.

Isso se dá em razão das determinações das autoridades de saúde pública para evitar aglomerações e que são acompanhadas pela Diocese de Toledo. Contudo, os cristãos católicos terão a oportunidade de entrar em comunhão com este momento, assistindo à celebração pelo www.facebook.com/paroquiacristoreitoledo. A partir da semana que vem, os óleos abençoados e consagrado poderão ser retirados na Cúria Diocesana.

O TRÍDUO PASCAL

O Tríduo Pascal começa nesta quinta-feira, dia 9. A Quinta-feira Santa é a Missa da Ceia do Senhor, quando foi instituída a Eucaristia, e dentro dela aconteceria a cerimônia do lava pés, que muitos conhecem pelo momento em que se recorda Jesus lavando os pés dos discípulos e que dá o sentido do serviço na Igreja. Mas, também em razão das determinações já mencionadas, a missa será realizada, contudo sem a cerimônia do lava-pés, por ser de caráter facultativo. Outra modificação ocorre no final da celebração, quando o Santíssimo permanecerá conservado no Sacrário sem a transladação e não haverá vigília.

Em seguida, na Sexta-feira Santa, todos os cristãos são convidados a viver o silêncio em suas casas. Porém, no período da manhã, as igrejas poderão permanecer abertas para oração pessoal, sem aglomerações. Às 15h, a memória da Paixão do Senhor acontece de maneira privada, podendo ser acompanhada pelos meios de comunicação.

No sábado, dia 11 de abril, a missa da Vigília Pascal também passará por modificações este ano. O rito da bênção do fogo será omitido, embora acenda-se o Círio Pascal. A procissão também é omitida, porém realiza-se a proclamação da Páscoa, seguida da Liturgia da Palavra. Não haverá Batismo na noite da Vigília, mas todos os cristãos são convidados a parar naquele momento para a renovação das promessas batismais. E o Domingo da Ressurreição celebra-se a missa do dia de forma privada.

Page Reader Press Enter to Read Page Content Out Loud Press Enter to Pause or Restart Reading Page Content Out Loud Press Enter to Stop Reading Page Content Out Loud Screen Reader Support
%d blogueiros gostam disto: